BLOG CARLOS RIBEIRO

BLOG CARLOS RIBEIRO

terça-feira, 29 de maio de 2012

Caminhada contra o abuso sexual será nesta sexta


Está confirmada para esta sexta-feira (dia 1º) a caminhada pelo Dia Nacional de Combate e Enfrentamento ao Abuso Sexual Infanto-Juvenil, comemorado no último dia 18 com várias atividades na Praça da Bíblia, no Centro de Araruama. No entanto, a caminhada, que aconteceria no mesmo dia, acabou sendo adiada por conta do mau tempo.

Organizada em parceria pela Secretaria Municipal de Política Social, Trabalho e Habitação de Araruama (através do CREAS), Núcleo de Atendimento à Criança e Adolescente (NACA), Fundação para Infância e Adolescência (FIA) e Secretaria Municipal de Educação, a caminhada terá concentração a partir das 15 horas na Praça da Bíblia, e saída às 16 horas, seguindo em direção à sede da Prefeitura Municipal, na Avenida John Kennedy.

- Gostaríamos de contar com a presença de todo mundo nesta caminhada, que é uma forma de nos mobilizarmos e mostrarmos que em Araruama estamos todos juntos na luta pela defesa de nossas crianças e adolescentes – comentou a secretária de Política Social e primeira dama da cidade, Paula Pêgas.
Além da caminhada, o dia 1º também marcará o encerramento da “roda de bate papo” que acontece todos os dias, desde o último dia 18, mobilizando alunos do ensino fundamental e segundo segmento em 16 escolas do município.

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi instituído pela Lei Federal 9.970/00 e é considerado uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro. Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Crime Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados. Apesar de sua natureza hedionda, até hoje é um crime impune.

Para facilitar o trabalho de denúncia o Governo Federal criou o “Disque 100” que possibilita que o cidadão denuncie os casos de violação dos direitos humanos contra crianças e adolescentes. Em Araruama, as denúncias também podem ser encaminhadas ao Ministério Público (22) 2665-1134; Conselho Tutelar (22) 2665-5775; CREAS (22) 2665-5642 e NACA (22) 2665-1717. O atendimento é gratuito e a denúncia poderá ser feita de forma anônima.

Fonte: Ascom Araruama

0 comentários:

Postar um comentário