BLOG CARLOS RIBEIRO

BLOG CARLOS RIBEIRO

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Mocidade Independente de Padre Miguel inaugura a nova quadra com festa e casa cheia







A Mocidade Independente inaugurou sua nova quadra na Avenida Brasil na tarde do último sábado, 26. O novo espaço de ensaios da escola de Padre Miguel, que tem capacidade para oito mil pessoas, ficou totalmente lotado. À tarde de samba, com direito à deliciosa feijoada, compareceram várias personalidades, como o prefeito Eduardo Paes e o presidente da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, vereador Jorge Felippe. O presidente da escola, Paulo Vianna, também recebeu nomes conhecidos do samba, como o presidente da Liga Independente das Escolas de Samba, Jorge Castanheira, e os presidentes Nelsinho David, da Beija-Flor de Nilópolis, e Ivo Meirelles, da Estação Primeira de Mangueira.



O evento marcou também a apresentação do novo casal de porta-bandeira e mestre-sala, Squel e Feliciano Júnior, e a despedida da rainha da bateria Antônia Fontenelle, que estreou na escola no último Carnaval e que entregou o posto alegando motivos profissionais.

O carnavalesco Alexandre Louzada, que, pelo segundo ano consecutivo assinará o desfile da agremiação, também marcou presença e assistiu ao show comandado pelo intérprete Luizinho Andanças, com a bateria dos mestres Dudu e Bereco e todos os segmentos da agremiação. Os grupos Stylo X e Swing e Simpatia abriram a tarde, que encheu de orgulho torcedores e componentes da escola, com a nova casa. O encerramento da festa ficou sob a responsabilidade da Estrelinha da Mocidade, escola mirim da verde-e-branco de Padre Miguel.

A nova quadra da Mocidade fica na Avenida Brasil, 31.156, em Realengo.



Mocidade de casa nova: quadra é inaugurada sob elogios e bênção








A Mocidade Independente de Padre Miguel inaugurou a nova casa com muito samba, feijoada e, principalmente, torcedores satisfeitos neste sábado, dia 26 de maio. O novo espaço, que contará com ar condicionado, terá capacidade para 8 mil pessoas e estacionamento para mais de 2 mil carros.

A tarde ensolarda deixou a festa na nova quadra, na Avenida Brasil, ainda mais bonita e glamourosa. Milhares de admiradores da verde e branca fizeram questão de participar do importante momento da escola. O evento contou com a presença do prefeito Eduardo Paes e de outros políticos como o deputado Chiquinho da Mangueira e o presidente da Câmara, Jorge Felippe, que lembrou que, antes de a Prefeitura decidir ceder o local para a nova quadra da escola, o espaço seria usado para a construção de um presídio.



"Uma informação que talvez muitos não saibam é que esse espaço seria para a construção de um presídio. Na vida aprendemos algumas coisas e eu escutei muitas vezes que quando se abre uma escola se fecha uma prisão. Aqui fizemos o contrário. Agradeço à Prefeitura do Rio de Janeiro pela doação, que será responsável pelo desenvolvimento da Zona Oeste", disse Jorge Felippe.

Paes chegou à quadra por volta de 15h e cortou a faixa, simbolizando a inauguração e entrega do novo estabelecimento. Muitos jornalistas, torcedores e integrantes da escola presenciaram o momento marcante para a escola e para o Carnaval carioca.







Reverenciado pela bateria dos mestres Andrezinho, Dudu e Bereco, o prefeito, os secretários e o presidente da escola subiram ao palco e fizeram agradecimentos e discursos para o público que lotava a quadra.



Assista ao discurso do prefeito Eduardo Paes, que também puxou o samba-exaltação da escola:








Após o discurso, a quadra foi "abençoada" por um padre, que pediu que todos orassem junto com ele e agradecessem a nova benfeitoria. "Salve a Mocidade, viva Jesus Cristo", disse o padre encerrando a bênção.

A quadra, então, foi tomada por um show com segmentos da escola, que se apresentaram ao som do samba exaltação e do samba-enredo do último Carnaval, "Por ti, Portinari, rompendo a tela, a realidade". O novo casal de mestre-sala e porta-bandeira, Squel e Feliciano Júnior, deram um show de elegância e simpatia. Baianas, passistas e Velha Guarda esbanjaram alegria com o momento.

Antonia Fontenelle se despede de Padre Miguel



Após a apresentação, a rainha de bateria da escola no Carnaval 2012, Antonia Fontenelle, subiu ao palco para se despedir da escola, confirmando que cumpriu seu papel enquanto foi possível, mas agora, colocará em prática novos projetos em sua vida.
"Estou saindo do mesmo jeito que entrei: pedindo licença", disse, iniciando seu discurso.
A loira fez questão de agradecer o apoio da escola e da torcida durante sua passagem pela verde e branca.
"Tenho certeza absoluta que não decepcionei vocês. Eu me sinto muito honrada de fazer parte da história da Mocidade", disse a ex-rainha.
Após os discursos e cerimônia, o pagode tomou conta da quadra e deu sequência à festa.



Fotos: Luana Freitas - SRZD

0 comentários:

Postar um comentário