BLOG CARLOS RIBEIRO

BLOG CARLOS RIBEIRO

sábado, 5 de maio de 2012

Presidente do Comitê Paralímpico visita Cabo Frio e aprova estrutura da cidade


Na última quinta-feira, dia 3 de maio, foi encerrada a visita a Cabo Frio do Presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro, Andrew Parsons, que chegou ao município na terça-feira, dia 1°. Com o objetivo de avaliar a estrutura e a logística da cidade para recepção dos atletas olímpicos e equipamentos, a agenda oficial contou com visitação ao Complexo Aracy Machado, ao Ginásio Poliesportivo Vivaldo Barreto, ao Centro de Profissionalização para Pessoas com Deficiência (CEPED) e ao Aeroporto Internacional da cidade.
 
Segundo Kléber Veríssimo, Diretor Municipal de Esportes, Andrew Parsons ficou muito satisfeito com o que viu:
 
- Em visita ao Ginásio Vivaldo Barreto, no Jardim Esperança, o Presidente do Comitê Paralímpico elogiou a acessibilidade do local. Já em relação ao Complexo Aracy Machado o que chamou sua atenção foi o novo piso da quadra e a infraestrutura da nova pista de atletismo que, segundo informou, se compara apenas com as encontradas no Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro, em São Paulo e no Pará. O aeroporto da cidade foi outro local visitado e que o impressionou bastante, pois a facilidade de acesso é fundamental para a logística e o andamento dos treinos, possibilitando agilidade na recepção de atletas e equipamentos.
 
Diversos aspectos foram destacados pelo Presidente do Comitê Paralímpico como a acessibilidade dos locais de treinamento e a posição estratégica de Cabo Frio, fatores considerados por ele fundamentais para a ratificação da escolha da cidade como local de treino e aclimatação para os atletas no período anterior aos jogos.
 
- As condições avaliadas para qualificar Cabo Frio definitivamente como cidade-anfitriã são transporte, localização geográfica e preços em relação à rede hoteleira. A cidade tem que oferecer qualidade em seus serviços e vejo que Cabo Frio está tendo oportunidade de se adequar. O que observo aqui são boas instalações, excelente aeroporto, uma cidade onde se trafega com certa facilidade, além de clima e localização bem favoráveis, levando-se em conta que Cabo Frio está a apenas 2h da capital. A cidade compete com o Brasil inteiro e está no caminho certo – disse ele.
 
Nesta quinta-feira, dia 3, Andrew Parsons foi recebido pelo Prefeito de Cabo Frio, Marcos da Rocha Mendes, em seu gabinete. Na ocasião, Parsons prometeu ser um divulgador de Cabo Frio, tendo a cidade como uma referência do desporto paralímpico no Brasil e no exterior. Em contrapartida, o Prefeito comprometeu-se a instalar, no Complexo Aracy Machado, a pista do tipo mondo, certificada pela Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF) e aprovada como local de competições internacionais.
 
- O projeto municipal Novo Cidadão é uma iniciativa sem precedentes. É um dos melhores embaixadores de Cabo Frio pois beneficia milhares de jovens, em um processo de inclusão de sucesso, e ainda tem a proposta de estender estas atividades para pessoas com deficiência. O número de alunos chegou a oito mil em 2011, quase 4% da população cabofriense. Nem São Paulo seria capaz de chegar a uma proporção como esta – afirmou o presidente do Comitê.
 
Para o prefeito, a visita de Parsons confirma a divulgação positiva da cidade no exterior e o avanço do projeto Cabo Frio na Rota Olímpica:
 
- Estamos, aos poucos, consolidando as metas para nos tornamos a melhor cidade-anfitriã não só para atletas mas para todos os visitantes que nos procuram todos os anos. Tornar Cabo Frio o melhor destino para todas as pessoas, sem excluir aquelas que necessitam de condições especiais para se locomover e desfrutar de tudo que a cidade tem a oferecer, tem sido o nosso foco turístico – afirmou Marcos da Rocha Mendes.
 
Dando prosseguimento ao Programa Cabo Frio na Rota Olímpica, a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer, trará para treinamento, na segunda quinzena de junho, a Seleção Brasileira de Rugby em Cadeira de Rodas. Também está sendo cogitada a realização do I Fórum Paralímpico da Região dos Lagos, logo após as Olímpiadas de Londres.
 
   
 Fonte: Adriane Andrade / Vanessa Campos

0 comentários:

Postar um comentário