BLOG CARLOS RIBEIRO

BLOG CARLOS RIBEIRO

terça-feira, 12 de junho de 2012

Chuva e frio não tiraram o brilho do maior tapete de sal da Região dos Lagos


A frente fria que trouxe chuva e baixa temperatura durante o feriadão de Corpus Christi não tirou o brilho da festa, que em Araruama começou ainda na noite da última quarta-feira (6) e prosseguiu durante a manhã e início da tarde de quinta (7) com a tradicional confecção do maior tapete de sal da Região dos Lagos. Ao todo foram cerca de 300 quadras que ligaram a Praça Antônio Raposo à Igreja de São Sebastião, num percurso de aproximadamente 1,5 km pelo Centro da cidade.

Artistas conhecidos e amadores se misturaram em meio a uma multidão, e deixaram a criatividade tomar conta dos trabalhos, utilizando materiais como sal grosso, sal refinado, tampinhas plásticas, garrafas pet, latinhas, papel, tecido e tudo mais que a criatividade permitisse, na confecção dos tapetes, que tiveram, como tema “Fraternidade e Saúde Pública”, “Jornada Mundial da Juventude”, “Ano da Fé” e temas sócio culturais e ambientais ligados à Rio + 20.

Alunos do oitavo ano do Ensino Fundamental de uma escola particular de Araruama, Ludmila Guedes e Rodrigo Pimentel comandavam um grupo de seis estudantes na confecção de um tapete que retratava a preservação do meio ambiente.

- Desde o início do ano temos trabalhado a preservação ambiental na escola. E quando soubemos que a Rio + 20 seria um dos temas do tapete, reunimos um grupo e começamos a juntar materiais recicláveis, como essas garrafas pet e latinhas, que se transformaram em flores coloridas. A ideia é mostrar às pessoas que reciclar é importante e pode trazer mais vida ao nosso planeta – explicaram. No fim da tarde, a procissão percorreu o tapete, saindo da Praça Antonio Raposo em direção à igreja.

0 comentários:

Postar um comentário