BLOG CARLOS RIBEIRO

BLOG CARLOS RIBEIRO

sexta-feira, 29 de junho de 2012

A vida é uma loteria

O copeiro azarado e seus 15 minutos de fama

O copeiro do Cervantes da Barra que vai ganhar o prêmio de mais azarado do ano teve seus 15 minutos de fama hoje ao ser entrevistado no "Encontro com Fátima Bernardes", da TV Globo. Lúcio Flávio Osório liderava todos os bolões da firma, mas no desta semana não participou porque não aceitou R$ 10 emprestados por um colega. Foi o único no grupo de 20 funcionários do bar que não entrou no bolão vencedor da Quina de São João. Cada um embolsou R$ 635 mil, mas Lúcio não ganhou nem um chope. A história -- que está repercutindo na imprensa -- veio à tona na coluna de papel de Ancelmo Gois, no GLOBO.

Em entrevista a Fátima Bernardes agora há pouco, Lúcio falou de sua agonia de ter perdido a sorte grande. Sua mãe confessou que não acreditou que Lúcio não teve R$ 10 para jogar.

-- Era só me falar que eu tinha o dinheiro, meu filho -- afirmou a mulher, no programa.

Fátima Bernardes convidou também o sócio do Cervantes, Juan Blanco, que disse que vai dar uma promoção a Lúcio, que garantiu que não não deixaria o emprego, como fizeram os 10 garçons, seis copeiros, um caixa e um gerente. No programa, Lúcio ganhou uma camisa da seleção brasileira que foi autografada por Ronaldo Fenômeno, outro convidado de hoje. Ronaldinho consolou o copeiro, dizendo que certamente ele terá outras oportunidades na vida.

Uma já surgiu. No ar, Luciano Huck ligou, com a voz rouca de quem acabara de acordar, e convidou Lúcio para participar do quadro Agora ou nunca no Caldeirão, que vai ao ar no sábado, dia 7. Lúcio não sabe o que pode ganhar lá, mas garante e que NUNCA mais vai deixar de participar de alguma aposta.

Fonte: Jorge Antonio Barros

0 comentários:

Postar um comentário