BLOG CARLOS RIBEIRO

BLOG CARLOS RIBEIRO

sexta-feira, 29 de junho de 2012

PMDB de Cabo Frio é Tratado Como Prostituta de R$ 1,00.



 
 
É inacreditável a situação que o PMDB de Cabo Frio chegou no cenário político das eleições de 2012. Um partido que outrora já teve prefeito, deputado estadual e federal saídos da cidade de Cabo Frio, hoje servirá apenas como uma prostituta eleitoral para acrescentar tempo de TV ao PDT.

O PMDB em sua história sempre protagonizou em Cabo Frio o principal papel nas disputas eleitorais, mas com a incompetente gestão de seu atual presidente municipal, Bernardo Ariston (que mesmo sem ter voto nem para síndico do prédio onde se encontra a Rádio Litoral FM e sonhou que poderia ser protagonista nessa eleição), não terá candidato a prefeito de Cabo Frio e nem poderá indicar o cargo de vice-prefeito na coligação obrigatória que fará com o PDT.

O PMDB participará da coligação majoritária (candidatura a prefeito) sem poder indicar o candidato a vice-prefeito, e isso é humilhante, mas a maior de todas as humilhações e o fato mais grave e nocivo politicamente para o PMDB vem em não poder se coligar com o PDT ou mesmo o PT na coligação proporcional (eleição de vereador), sobrando ao PMDB na coligação proporcional se coligar com o inexpressivo PSDC, resultado, o PMDB terá grandes dificuldades de atingir o coeficiente eleitoral (número de votos que lhe permite ter ao menos 1 vereador) e se por um milagre fizer o coeficiente eleitoral terá apenas um representante na Câmara de Vereadores, e hoje tem 4 representantes e 3 deles disputarão a reeleição nessas condições, caso de Zé Ricardo, Rogerinho do Laboratório e Fabinho da Saúde.

Parabéns Bernardo Ariston, sua gestão será marcada como a pior da toda a história política do PMDB, sua posição humilhante na presidência municipal do partido aceitando essas condições de negociata política totalmente calado é de causar muita estranheza e o mínimo que se esperava de um ex-deputado ocupando hoje esse cargo era a combatividade, lutar para indicar um vice-prefeito ou mesmo uma coligação decente para seus vereadores.

Mas, e a vida tem sempre um mas...

O senhor deve ter seus motivos, não é? Se não tem esses motivos pessoais fica a frase de um coordenador da campanha do PDT, “Bernardo Ariston tem apenas o direito de ficar calado, pois ali não manda em nada...”,ou seja, é um medíocre.

Ps. Seu convite para participar do seu programa na rádio Litoral FM no próximo sábado continua aceito, estarei aí às 8h da manhã deste sábado, apesar de nem o senhor e nem sua produção terem feito nenhuma ligação confirmando (risos).
 
Fonte: Blog Cartão Vermelho

0 comentários:

Postar um comentário