BLOG CARLOS RIBEIRO

BLOG CARLOS RIBEIRO

domingo, 17 de junho de 2012

Turismo em Araruama: ponto positivo ou negativo?



O turismo em Araruama é uma das principais fontes de renda da cidade.

Praias, rios, mares, restingas, museu, praças, entre outras coisas, configuram o munícipio como turístico. Porém há um problema de fácil visibilidade que é a falta de estrutura da cidade para receber a quantidade de turistas estimada para cada período do ano.

Nas próximas Olimpíadas, a cidade de Cabo Frio irá ser local de climatização dos atletas que irão participar das competições. Tendo em vista esse acontecimento e o grande número de turistas que tomará conta da região, as cidades ao redor de Cabo Frio, sendo Araruama uma delas, deverão se preparar estruturalmente para também receber os visitantes.

Araruama possui aproximadamente 25 pousadas/hotéis, sendo a maioria, pousadas de baixa qualidade, se comparada a pousadas e hotéis de três a cinco estrelas, o que não atenderia as exigências que todos os turistas procuram ao se hospedar em alguma cidade.

Outro problema é a parte gastronômica da cidade, é visível a deficiência de lugares onde se possa ter uma boa refeição em Araruama. Apesar de existir uma grande variedade de locais onde se serve comida, boa parte destes são precários e não atendem a grande demanda de pessoas que necessitam almoçar fora de casa, ou de turistas que se hospedam em nossa cidade. O principal ponto turístico da cidade é a Lagoa de Araruama.

Em meados de 2011 foi dito que o Governo do Estado iria investir R$ 30 milhões na Região dos Lagos, através de ações ambientais que incluem dragagem, saneamento e criação de empregos verdes. Parte dessa renda iria para a Lagoa de Araruama. Mas, ainda há receio entre os moradores e turistas de frequentarem o ponto.

Todo ano Araruama recebe cerca de 200 mil turistas apenas na época carnavalesca, 150 mil só no Reveillon. Incentivos fiscais e estruturais, assim como, a profissionalização de mão de obra são imprescindíveis para o fomento do turismo na cidade, além claro, de uma eficiente campanha publicitária. Afinal, turismo e estrutura andam de mãos dadas.

0 comentários:

Postar um comentário