BLOG CARLOS RIBEIRO

BLOG CARLOS RIBEIRO

terça-feira, 31 de julho de 2012

Divulgando Arte e Cultura

























Falando de futebol

O melhor time da Vila Vintém. É campeão.



Parabéns minha Vila Vintém e a todos o TIME CAMPEÃO - Tenho Orgulho dessa Minha Comunidade!!!
Divulgando: Isso também é Arte

´


Hoje tem!!!! Rsrsrssssssss....
É Amanhã - Dia 1º de Agosto - Inauguração do Nosso Comitê de Campanha





CABO FRIO É 11 . Com certeza Alair voltará a Governar nossa cidade. Não existe outro melhor do que ALAIR CORREA. O povo aclama seu nome! Em Breve, Cabo Frio terá esse grande prefeito maravilhoso.





Casa Atelier Eliane Guedes  - Cabo Frio



Curso de Certificação de Pinceis Condor





Gente, em setembro teremos na Casa Atelier, uma demonstração com toda a linha de pinceis da Condor, e o Curso de Certificação do uso destes pinceis. Este evento será gratuido, desejando-se apenas se doe 1 kg de alimento não perecível que sera entregue a instituições de nossa cidade.

É importante voce manifestar a vontade em participar, solicitando sua ficha de inscrição, para que as Indústria Condor possa prepara os Kits a serem dados aos alunos. Lembramos ainda que as vagas são limitadas. Maiores informações pelo nosso email. É uma oportunidade única em nossa região. Divulque, para a maioria dos artistas que utlilizam pinceis em suas obras.
Dia 15/09/2012


Horario. primeira turma 9:00 hs às 12:00 hs
. segunda turma 14:00 hs às 17:00 hs

Entre em contato pelo telefone 022 9937-6786
ou pelo email elianeguedesatelier@bol.com.br




Dia: 15/09/2012 Sábado



Horario: Primeira turma 09 hs ás 12 hs


segunda turma 14 hs às 17 hs





Inscrição: Casa Atelier Eliane Guedes ou elianeguedesatelier@bol.com.br

Rua Francisco Paranhos 428. Vila Nova. Cabo Frio. RJ

Tel 022 9927-6786




Arquitetando Búzios 2012 redesenha mostra de decoração e design



Arte, decoração e design com assinatura verde. Essa é a proposta do Arquitetando Búzios 2012, a maior mostra do segmento do interior do estado, que acontece em novembro em um dos balneários mais famosos do Brasil. E para estar antenado com conceito de preservação ambiental, sustentabilidade e materiais renováveis – temas recorrentes nos dias atuais e reforçados por eventos como a Rio+20, que aconteceu em junho deste ano no Rio de Janeiro - a organização da mostra vai reunir 35 profissionais para remodelar um imóvel com 1.500m² de área verde e400m² de construção.

Arquitetos, decoradores, paisagistas,engenheiros e principais empresas especializadas no ramo de casa, arquitetura de interiores e paisagismo vão transformar a casa, de 400m² na Praia da Ferradura, com tudo que há de mais moderno e integrado ao conceito de preservação ambiental, na principal atração deste ano em Búzios.

- O importante é trabalhar sempre com o conceito de sustentabilidade como exemplo a ser seguido por todos. A convivência do cidadão depende dele mesmo e na prática do que faz e pensa em proteger o ambiente em que vive-, diz o engenheiro George Clark, diretor da Associação da Construção Civil Sustentável de Búzios (ACCS-Búzios), entidade criada há poucos meses no balneário.

Um dos destaques do evento é a participação dos profissionais, que terão 35ambientes para expor as ideias e as tendências em arte, decoração, arquitetura e paisagismo. Na última reunião da mostra Arquitetando Búzios 2012, a organização do evento reuniu mais de 30 profissionais locais para apresentar o pré-projeto e os profissionais da região puderam conhecer a proposta e contribuir com ideias e sugestões.

Uma das questões mais abordadas pelos profissionais foi a valorização que um evento deste porte traz para os profissionais locais.

- Mostras como essas além de valorizar quem é da região, coloca os profissionais em evidência. Precisamos mostrar nosso trabalho – disse o arquiteto Roberto Aracri,que participou das duas edições anteriores do Arquitetando Búzios.

Além dos 400m² do imóvel que será ambientado por pelo menos 35 profissionais, um dos pontos fortes da casa do Arquitetando Búzios 2012 são os 1.500m² de área verde destinado a decoradores, paisagistas e empresas especializadas em jardinagem.

Espaços como muro interno e externo, canteiros e jardins estão à disposição para serem adequados a partir da arte e técnica de profissionais do segmento para promover a harmonia entre projeto e a preservação de espaços livres para clientes em potencial que desejam o melhor em arte e decoração sem deixar de lado a preocupação e o cuidado com o meio ambiente.

- O importante é mostrar técnicas e tendências em materiais e equipamentos, mas sempre de olho na preservação das espécies nativas e de Mata Atlântica que o terreno possui - lembra o arquiteto Chico Sales, um dos responsáveis técnicos do evento. Chico lembra que existem espaços para 10 ou mais paisagistas ou decoradores de exteriores e de jardinagem.

Participar da mostra, no entanto, não será privilégio apenas de quem a visitar. Para os profissionais também será uma experiência marcante e relevante. O imóvel, construído num terreno de 1.500 metros quadrados encravado em meio à vegetação nativa e de Mata Atlântica, foi construído nos anos 90 por uma família italiana que se encantou com Búzios na primeira visita. Esse encanto também vai envolver os profissionais de paisagismo, pois a área verde possui desde palmeira imperial até árvores frutíferas como cajueiro, mangueira, goiabeira e até camboinha.

Fonte:  Nicia Carvalho
Cabo Frio: Dr Taylor "Encontro das Mulheres "


IMPERDÍVEL!!!!
Cabo Frio garante mais oito medalhas de ouro na quinta etapa do Estadual de Taekwondo




No último domingo, 29 de julho, a cidade de Cabo Frio escreveu novamente o seu nome na história do esporte, sediando pela primeira vez uma etapa do Campeonato Estadual de Taekwondo, organizado pela Federação de Taekwondo do Rio de Janeiro, com apoio da Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer. Ao todo, 100 atletas foram inscritos para a disputa da etapa, vindos dos municípios de: Rio de Janeiro, Cabo Frio, Angra dos Reis, São Gonçalo, Macaé e Petrópolis.
 
 
 
 

As disputas aconteceram em dois tatames montados na quadra do Ginásio Poliesportivo Alfredo Barreto e 14 atletas competiram representando Cabo Frio. O campeão antecipado, Rodolpho Ribas, garantiu mais uma medalha de ouro, a quinta em cinco etapas disputadas, e confirmou seu título estadual invicto. Rodolpho fez a semifinal contra outro lutador de Cabo Frio, Diogo Silva, que ficou com o bronze. O Projeto Novo Cidadão teve dois lutadores medalhistas de ouro na etapa, Luiza Barros e Natan Souza, que receberam a premiação das mãos do Secretário de Esporte e Lazer, Eliseu Pombo.
 
 
 
 

Ao todo, a equipe do professor e técnico Robson Godinho conquistou 14 medalhas, sendo oito de ouro, quatro de prata e duas de bronze. Confira a categoria e o resultado de cada competidor cabofriense na quinta etapa do Estadual de Taekwondo:

Rodolpho Ribas: faixa vermelha com ponta preta, juvenil acima de 78kg - OURO

Luisa Barros: faixa azul, infantil - Poomse (Forma) - OURO

Rian de Souza: faixa amarela, mirim até 27kg - OURO

Natan de Souza: faixa amarela, infantil até 42kg - OURO

Igor Sant'anna: faixa vermelha, adulto até 87kg - OURO

Caio da Silva: faixa amarela com ponta verde, infantil acima de 52kg - OURO

Diego Henrique: faixa amarela com ponta verde, master acima de 87kg - OURO

Robson Godinho: faixa preta 2° dan, master até 68kg – OURO

Peterson Rangel: faixa amarela, juvenil acima de 78kg - PRATA

Felipe Santos: faixa amarela, adulto acima de 87kg - PRATA

Heitor Vidal: faixa verde, adulto até 63kg - PRATA

Marcio Garbe: faixa azul com ponta vermelha, adulto até 80kg - PRATA

Thiago Veiga: faixa azul, adulto até 68kg - BRONZE

Diogo Silva: faixa vermelha ponta preta, adulto acima de 87kg - BRONZE
 
Fonte: Ascom SEMEL
Falando de Cultura

HOMENAGEM A VITORINO CARRIÇO


VITORINO CARRIÇO

No último dia 29/07/12, Vitorino Carriço completaria 100 anos de vida se ainda estivesse conosco.


Vitorino Carriço foi poeta e atuante político brasileiro. Autor de um dos hinos mais lindos que já ouvi, o hino da cidade de Cabo Frio. Há um trecho que reflete claramente a visão avançada e sem preconceitos do poeta, quando ele diz: "Forasteiro, não há forasteiro, pois nesta terra todos são iguais..". Vitorino Carriço certamente compartilharia do pensamento de Sócrates, também bastante avançado para a época, que se autodenominava "cidadão do mundo".

Cabo Frio é uma cidade cujas fronteiras não são limites para sua graça e acolhimento, e o poeta percebeu isso há muitos anos atrás. Que possam as diversas gerações de cabofrienses lembrarem sempre deste hino, extraindo dele a sabedoria contida em sua letra e aplicando-a em suas relações com todos aqueles que compartilham suas vidas nesta terra.

 HINO DE CABO FRIO



Hino de Cabo Frio - RJ (Vitorino Carriço)

Cabo Frio, minha terra amada,
Tu és dotada de belezas mil,
Escondida vives num recanto,
Sob o manto deste meu Brasil...

Noites Claras teu luar famoso,
Este luar que viu meus ancestrais...
O teu povo se orgulha tanto,
E de ti, não esquecerá jamais...

Tuas praias, Teu Forte,
Olho ao longe e vejo o mar bravio
A esquerda um pescador afoito,
Na lagoa que parece um rio...

O teu sol, que beleza!
No teu céu estrelas brilham mais...
Forasteiro, não há forasteiro,
Pois nesta terra todos são iguais...



O Gosto de Agosto já está na mesa




O circuito culinário O Gosto de Agosto chega a sua quinta edição trazendo novidades e se tornando o maior evento gastronômico da Região dos Lagos. Serão 6 finais de semana para degustar o melhor das cozinhas brasileira, italiana, portuguesa e alemã, além de pratos variados com peixes e frutos do mar. Contando com a participação de 10 restaurantes, o festival acontece em Saquarema no período de 3 de agosto a 9 de setembro.

“Como há festival gastronômico em outras cidades da região, estava faltando também em Saquarema; O Gosto de Agosto é uma alavanca de incentivo para os restaurantes participantes”, afirma Alessandro Valcich, sócio do Perfetto, que participa pela primeira vez este ano. “Cada ano é uma surpresa diferente; além de criar sempre um prato diferente, é prazerosa a batalha para fazer o prato que as pessoas aceitem bem; ano passado chegamos a montar quase 900 pratos e em 2012 a expectativa é ainda maior”, afirma Francisco Junior, gerente do Maasai. "Diante de toda a diversidade cultural, todos colocam o seu melhor com menus mais que especiais, com preço acessível, para que todos possam percorrer o circuito, comparecendo e prestigiando todas as casas", enfatiza o empresário e organizador do evento, Júnior Imbiriba"
.



No circuito de 2012, os moradores, visitantes e turistas terão uma grande variedade de opções, tanto de sabores, quanto de versatilidade e qualidade de atendimento das várias casas que participam do evento. Os chefes mostrarão as suas especialidades à base de camarão, bacalhau, salmão, lagostim, carne suína e bovina, dentre outras delicias, além de ervas e frutas.

A cozinha alemã está muito bem representada pelo Sítio Nosso Paraíso, um hotel fazenda localizado no bairro do Rio Seco. Outra novidade é a inclusão de três restaurantes localizados em Vilatur: Magnu Restaurante, Armazém da Villa e o Tropical Point. Na região de Bacaxá, o Santa Vertente faz sua estreia no circuito. Muito reconhecido pela qualidade no atendimento, o Perfetto (antigo Vila Itália), no Centro, representa a culinária moderna e contemporânea, enquanto os sabores da Itália estão no cardápio do já tradicional Casa Rosário, no Boqueirão. No bairro de Itaúna, as opções são o elegante Le Bistrô, com 19 anos de tradição na culinária típica portuguesa, o já consagrado Maasai com sua vista de frente para o mar, e a aconchegante Casa da Praia.

Para acompanhar a programação completa e conhecer o cardápio e o endereço dos restaurantes, basta acessar o site www.ogostodeagosto.com.

Fonte: Camilo Mota
Bom dia amigos, Tenham um ótimo dia de Paz, saúde e Prosperidade.




"Se na sua vida tudo vai mal, pode ter certeza que pode piorar; pelo menos é o que pode acontecer até que você reconheça que precisa do socorro de Deus e até que , a SEU tempo, DEUS responda. Mas saiba que esta resposta pode não ser bem aquela que você esperava, mas com certeza, terá sido a Vontade de Deus para a tua vida, e a Sua Vontade é Boa, Agradável e Perfeita para as nossas vidas."

segunda-feira, 30 de julho de 2012


Falando de Cultura

Cabo Frio: Réplica da “Roda dos Expostos” foi inaugurada na última sexta-feira, dia 27, no Charitas




Na última sexta-feira, dia 27 de julho, às 19h, a Secretaria de Cultura inaugurou, no Museu José de Dome – Charitas, a réplica da “Roda dos Expostos”, que recebeu órfãos desde a inauguração do Charitas, ou “Casa de Caridade”, como era chamada antigamente. A inauguração contou com narração da história do Charitas e da Roda dos Expostos, além de curiosidades e explicações.
 
 
 
 
 
A Casa foi inaugurada em 1840. A “Roda dos Expostos” já recebia crianças abandonadas desde 1832 na “Casa das Matronas”. O Charitas começou a receber os órfãos em 1840, ano de sua fundação, até o período entre 1874 e 1880, voltando a receber as crianças até o ano de 1940. Foram recebidas, em média, 35 crianças por ano. A pedra fundamental da Casa de Caridade foi lançada em 27 de julho de 1836 e foi inaugurada com o recolhimento de crianças na “Roda dos Expostos” em 1840, o que significou, à época, uma chance de sobrevivência e educação para as crianças rejeitadas que eram deixadas na Roda.
 
 
 
 

História
 
A enfermaria da Casa de Caridade começou a funcionar oficialmente em 1844 e em 1874 foi transferida para uma casa que deu origem ao atual Hospital de Santa Isabel. 
 
As Casas de Caridade tiveram origem em Portugal. Foram fundadas no Brasil no período colonial e, a partir de 1828, com as Leis Municipais, sua fundação foi obrigatória em todos os municípios. O Cháritas ou Casa de Caridade, também denominada Casa de Misericórdia, é uma instituição muito antiga no Brasil e a única que atendia a toda a população.
 
Após a Independência, com base na primeira Constituição do Brasil, a Lei dos Municípios de 1º de Outubro de 1828, transfere para os Conselhos Municipais vários encargos administrativos e entre eles a fundação de uma Casa de Caridade, a criação dos expostos e a construção de um cemitério público.
 
A Lei dos Municípios trazia mudanças profundas no sistema de governo atribuindo aos Conselhos municipais certas exigências incapazes de ser realizadas, principalmente pela falta de recursos, recebendo do governo subsídios, apenas para a criação dos expostos.
O Conselho Municipal requisita um médico para cuidar dos necessitados e em 1833, instala uma roda para receber “expostos” (crianças abandonadas) na casa da matrona Dona Marianna Roza, transferida em 1836 para a casa de D. Victória Amália.
 
Em 27 de Julho de 1836 foi lançada a pedra fundamental da Cháritas. Em um ano estavam prontas as paredes referentes ao recolhimento dos expostos e à enfermaria, mas as obras paralisaram por falta de recursos. Diante das dificuldades financeiras da Câmara e a participação ativa da sociedade, em 1º de Março de 1839, a comissão fundou a Irmandade de Santa Isabel da Caridade de Cabo Frio com 26 associados e escolheram para juiz, o Major Bellegarde e como Patrono ou Protetor D. Pedro II. Com a fundação da Irmandade ficou instituída a Casa de Caridade de Santa Isabel da Cidade de Cabo Frio, obtendo direitos legais para a captação de recursos, concedidos pelo governo com repasses através da Câmara.
 
As Casas de Caridade eram administradas pelas Irmandades da Misericórdia que obedeciam a um “Regulamento ou Compromisso”, para cuidarem das populações carentes, crianças enjeitadas, órfãos, presos e fazerem enterros com atendimentos material e espiritual. Em Cabo Frio, a Irmandade de Santa Isabel administrava a Cháritas, onde funcionava a enfermaria, o recolhimento de órfãos, a roda dos expostos e a Capela, como também responsável pelos sepultamentos no Cemitério de Santa Isabel.
 
Em 16 de fevereiro 1840, a Irmandade transferiu o sistema da roda para o prédio da Cháritas, oficializando a Instituição da Casa da Roda em Cabo Frio, mantendo como Matrona D. Victória Amália. A enfermaria começou a funcionar oficialmente em 1844 e em 1874 foi transferida para uma casa que deu origem ao atual Hospital de Santa Isabel de Cabo Frio.
 
Em 1847, o Imperador D. Pedro II, visitou as instalações da Cháritas, assim como sua filha a Princesa Isabel, em 1868 que fizeram doações para a manutenção desta instituição.
 
Fonte: Viviane Rocha/PMCF
CENTENÁRIO DE HERIVELTO

Marília Pêra: é hoje só



É a mais marcante homenagem recebida por Herivelto Martins (1912-1992) no ano de seu centenário: Marilia Pêra cantando um repertório que faz parte da história da MPB. O autor de "Caminhemos' é um dos dois personagens de "Herivelto como conheci". O outro é Lurdes Torelly, a segunda grande paixão de sua vida (a primeira foi Dalva de Oliveira), com quem foi casado por 48 anos. No palco do Teatro NET Rio, Marilia ouve as cartas que Herivelto escreveu para Lurdes (lidas em off por Claudio Botelho, diretor do espetáculo) e reage,às vezes como Lurdes, às vezes commo uma narradora da história de amor. É tudo exagerado, cafona, sem sutilezas, como são as canções de Herivelto. E Marilia é sublime até cantando "Atirei um pau no gato". Imaginem o que ela não faz com os sambas-canções mais apaixonados da história dos sambas-canções. O show lotou o teatro nas última semanas, mas era mesmo para ficar pouco tempo em cartaz. O ultimo espetáculo é este domingo. E a atriz já se prepara para começar os ensaios de "Alô Dolly", que vai estrelar, ainda este semestre, ao lado de Miguel.

Fonte: Blog Xexeo
Cabo Frio: Festa da Padroeira Nossa Senhora da Assunção acontece entre os dias 10 e 15 de agosto




A Prefeitura de Cabo Frio, por meio da Coordenadoria Geral de Eventos, e a Paróquia de Nossa Senhora da Assunção já estão definindo o cronograma da tradicional festa em homenagem ao dia da padroeira da cidade, comemorado em 15 de agosto. Famílias e fiéis poderão desfrutar de programação religiosa, tendas de alimentação, almoço dançante e outras atividades, além de shows com bandas locais e artistas de alcance nacional – que têm início sempre após as santas missas.

 
 


As comemorações festivas, que acontecem de 10 a 15 de agosto, serão abertas com apresentações de bandas locais, ainda não definidas. O primeiro dia contará com o cantor e compositor Gustavo Lins, que sobe ao palco a partir das 23h como o principal show da noite para apresentar seu atual e mais elogiado trabalho pela crítica até hoje. Considerado como um dos grandes nomes da nova geração do samba brasileiro, Gustavo Lins iniciou sua carreira com 16 anos e já possui mais de 150 músicas gravadas por ele e outros artistas consagrados.







A festa continua no sábado, dia 11, às 23h, quando o cantor, compositor e violinista Jorge Vercillo apresentará suas já conhecidas músicas “Encontro das Águas”, “Praia Nua”, “Final Feliz” e “Sensível Demais”, além das de sua turnê atual “Como Diria Blavatsky”.


Em 12 de agosto, domingo, as tendas instaladas entorno da Praça Porto Rocha comercializarão almoço, a partir do meio-dia, ao som de uma banda local. Na segunda-feira, dia 13, não haverá programação, porém a festa retoma no dia 14, também com show de uma banda local.




 
E no Dia de Nossa Senhora da Assunção, 15 de agosto, a Prefeitura de Cabo Frio apresenta o grupo “Rosa de Saron”, a partir das 20h30, na Praça central da cidade. Com quase 25 anos na estrada, a banda tem como “objetivo fazer rock de qualidade e levar uma mensagem cristã, de esperança, fé e amor para todos”.




Em breve a Coordenadoria Geral de Eventos de Cabo Frio divulgará quais bandas locais farão parte das comemorações. A Paróquia de Nossa Senhora da Assunção está definindo a programação religiosa para homenagem à padroeira da cidade.
Fonte:  Carolina Rocha/PMCF

Divulgando Arte e Cultura






domingo, 29 de julho de 2012

Lançamento da 2ª Antologia - "ESSÊNCIAS" - No Charitas - Cabo Frio






O Presidente da Academia de Letras e Artes da Região dos Lagos convida para a noite de autógrafo dia 04 agosto, às 19:00 horas no Charitas -  centro de Cabo Frio.
Falando de Esporte

Sonho, delírio e torcida...




É incrível o otimismo dos ex-atletas, ora transformados em dirigentes ou comentaristas, em relação às possíveis medalhas brasileiras. Surfando nessa onda, resolvi fazer a lista do que “pode” acontecer (sem ser zebra) e não do que “deve” (o mais provável).

Para não tornar a relação extensa, vou restringir a “nobre arte do chute” ao ouro. Vamos lá:

O mundo concorda que Cesar Cielo é o grande favorito nos 50m nado livre. E Robert Scheidt e Bruno Prada, no iatismo, classe Star. Mas, na tsunami do pensamento positivo “pacheco”, dá pra ir em frente.
Também podem conquistar o ouro as duas seleções de futebol. Por que, não? Igualmente, as de vôlei de quadra, bem como duas de nossas quatro duplas na praia. E só aí já seriam seis medalhas douradas! Mas há mais, se formos realmente otimistas...

Alguém se espantará se Felipe França ganhar os 100m nado peito? Ou se Fabiana Murer aproveitar-se da má fase de Yelena Isinbayeva e faturar o salto com vara? Poder, pode... Em quanto estamos? Oito lugares mais altos do pódio? Uau, já seria um recorde.

E ainda há o judô. Sim, ouros no tatame, sabemos, são sempre possíveis. Então, dê-me dois (ia pedir três, mas soaria guloso)! Chegamos a dez medalhas douradas! Até aqui, convenhamos, todas razoavelmente possíveis.

Ôpa, ia me esquecendo da Natália Falavigna, no taekwondo! E dos ginastas Arthur Zanetti (nas argolas) e Diego Hypolito, (no solo)... Fez as contas? Treze! E me lembro agora do nosso boxeador Éverton dos Santos, que a conceituadíssima “Sports Illustrated” cravou sem sustos nem drama. Saímos do número do azar e chegamos a 14! Sinistro!

Hora de acordar. Falando sério, todos os acima citados têm de fato possibilidades de vitória. Mas dificílimo é que todos consigam alcançá-la juntos, numa mesma Olimpíada.
Seria maravilhoso. Mas é pra lá de improvável. Fica a lista como uma dica para a torcida.
Se chegarmos à metade disso já será a glória.


Grande Thiago!
Não foi ouro, mas deu pra emocionar a prata de Thiago Pereira, nos 400m medley, chegando à frente de Michael Phelps. Boa, garoto! Força agora nos revezamentos e nos 200m medley (a sua melhor prova!).
Que começo!
Ouro, prata e bronze no primeiro dia? Nem nos sonhos mais delirantes...
Desculpa, mamãe! Foi mal...

Debbie Phelps, mãe do supercampeão de natação Michael Phelps, ficou furiosa quando viu a foto de seu filho na ficha oficial dos Jogos de Londres. Ele teve que se desculpar com ela e prometer que não voltaria a aparecer em público tão desleixado. Mas continua a dizer que encerrará a carreira em Londres, contrariando a vontade da “supermãe”...


Pequenina Sarah, uma grande campeã

Foi de arrepiar! Que a piauiense Sarah Menezes tinha boas chances de conquistar o ouro, já se sabia. Daí a confirmá-lo ia uma distância e tanto. Basta lembrar os judocas campeões mundiais Thiago Camilo, João Derly e Luciano Corrêa, em Pequim...

Era esse o meu temor, que foi se dissipando cada vez que a pequena (1,52m) piauiense pisava o dojô. Sem grandes sustos, venceu a primeira, a segunda, a terceira e a quarta lutas e, como num passe de mágica, já estava na final. Aí, o ouro era praticamente certo. Sua adversária, a romena Alina Dumitru (campeã em Pequim) lesionara o cotovelo na semi e lutou em precárias condições. E foi assim que a jovem (22 anos) Sarah fez história. Palmas pra ela e pro nosso judô, que se tornou o esporte com maior número de medalhas olímpicas do Brasil.


Amigos do Cachoeira

No saguão de um hotel de luxo que abriga parte das comitivas brasileiras que vieram a Londres em “voos da alegria” patrocinados por governo, prefeitura do Rio, CBF e COB, um desses amigos de empreiteiros e bicheiros se gabava:

— Paguei 4 mil libras num ingresso pra ver a cerimônia de abertura.

Ao seu lado, outro rebateu:

— Doze mil reais (o equivalente às 4 mil libras)? Ninharia. Eu paguei R$ 22 mil num ingresso da final da Libertadores, só pra ver o meu Timão campeão...

País rico é outra coisa...

Foi de arrepiar! Que a piauiense Sarah Menezes tinha boas chances de conquistar o ouro, já se sabia. Daí a confirmá-lo ia uma distância e tanto. Basta lembrar os judocas campeões mundiais Thiago Camilo, João Derly e Luciano Corrêa, em Pequim...

Voyeurismo

Uma das competições mais aguardadas das Olimpíadas é o vôlei de praia, que acontece no coração de Londres. A expectativa maior não é sobre resultados, mas se as atletas usarão biquínis durante os jogos. Tudo por conta de possíveis quedas de temperatura. O tabloide britânico “The Sun” chegou a lançar uma campanha para as meninas usarem biquínis mesmo em caso de chuva. Segundo o “Evening Standard”, 65% dos portadores de ingressos são homens. O príncipe Harry entre eles. Em Londres, as pessoas não estão acostumadas com mulheres de biquíni, como nas praias do Rio!

Sufoco

Como jogou mal a seleção feminina de futebol! Ganhar da Nova Zelândia por 1 a 0, com gol (de Cristiane) ao apagar das luzes foi dose...

Susto

Outro que passou perrengue: Federer, contra o colombiano Falla. Só faltava essa...

King Kong

Fala sério, Diego Hypolito...

Você sabia?

A cerimônia de abertura de Seul foi a última à luz do dia. A partir de Barcelona 1992, o evento passou a ser realizado à noite. (Do “Almanaque Olímpico”, de Armando Freitas e Marcelo Barreto).
Morre o artista plástico Franz West, aos 65 anos

Criador austríaco foi homenageado ano passado na Bienal de Arte de Veneza



Franz West em foto de 2011: um dos artistas plásticos mais respeitados da Áustria
Foto: Reuters
Franz West em foto de 2011: um dos artistas plásticos mais respeitados da ÁustriaReuters

RIO - Morreu nesta quarta-feira, aos 65 anos, o artista plástico austríaco Franz West. Escultor influente, homenageado na última Bienal de Arte de Veneza, ele estava internado no Hospital Universitário de Viena, para tratar de problemas no fígado.

Nascido em Viena, em 1947, West estudou na Academia de Belas Artes da capital austríaca. Suas primeiras obras, reconhecidas pela leveza, contrastavam com os trabalhos vigorosos de seus contemporâneos. Costumava usar materiais como gesso e papel machê, como nas excêntricas peças batizadas de "Adaptatives", com as quais o público podia interagir, permitindo uma interseção entre performance e objeto de arte.

West participou da Documenta de Kasssel, expôs no MOMA e em diversas galerias importantes. Em 2011, ele foi laureado com o Leão de Ouro pelo conjunto de sua obra, que contava com escultura, colagem e instalações, na 54ª edição da Bienal de Arte de Veneza.

Fonte: O Globo/Cultura
Falando de Cultura...

Sempre Amado: o universal escritor baiano completaria 100 anos em 10 de agosto



Jorge Amado no traço de Cavalcante Foto: Cavalcante
Jorge Amado no traço de Cavalcante


Ao receber o prêmio internacional Dimitrov, na Bulgária, em 1986, Jorge Amado discursou: “De mim já se disse que sou apenas um romancista de vagabundos e de putas. Honro-me com isso.” Evidente que o escritor era mais do que isso, mas a maneira como respondeu à crítica ilustrava bem sua ligação com o povo e como desejava ser visto. “A minha Bahia não é a dos ricos, é a dos despossuídos”, explicou certa vez.

— Ele falava que só tinha dois temas, Salvador e cacau —diz sua filha, Paloma Amado.

A poucos dias do seu centenário, no dia 10 de agosto, o Segundo Caderno homenageia o autor baiano com uma edição especial que mostra sua atualidade, 11 anos após sofrer uma parada cardiorrespiratória, aos 88 anos. Nas páginas a seguir, estão o amor por Zélia Gattai, que durou de 1945 até sua morte, a amizade com Dorival Caymmi e Carybé, os 38 livros que escreveu, as adaptações para TV, cinema e teatro, as homenagens e a galeria dos principais personagens que, como ele dizia, “vivem nas ruas, ladeiras e becos de Salvador, nas estradas e campos de cacau, nos latifúndios do sertão de beatos e cangaceiros.”

Sua popularidade é tamanha que, apenas desde 2008, quando a Companhia das Letras começou a relançar seus livros, “Capitães da areia” vendeu 556 mil exemplares — fora as 142 mil da edição de bolso. Sua obra já foi traduzida para 49 idiomas, em 55 países. Ele era o melhor exemplo de como ser universal falando de sua própria aldeia.

— Para ele, a miscigenação era o nosso maior patrimônio, que tínhamos de valorizar e preservar. Jorge tinha como uma de suas poucas certezas que era a mestiçagem, em todos os planos, o que nos distinguia no mundo — diz o acadêmico Alberto Costa e Silva, um dos coordenadores da coleção Jorge Amado da Companhia das Letras.

Materialista que conciliava o ateísmo com o candomblé, elegeu-se em 1945 deputado federal pelo Partido Comunista Brasileiro e propôs uma lei que assegurava a liberdade de culto religioso. “Jorge Amado conseguiu o absurdo de ser cético e de ser crente. Só na Bahia podia nascer um sujeito assim”, já definiu, de forma bem-humorada, outro acadêmico, Carlos Heitor Cony.

Ao sincretismo religioso somava-se a capacidade de estabelecer amizades. Amado, que se elegeu em 1961 para a Academia Brasileira de Letras, conviveu com alguns dos principais nomes do século XX, como Pablo Neruda, Picasso, Sartre e Simone de Beauvoir. Notável contador de histórias, espelho do Brasil, explicador do país, “liberador do povo brasileiro pela pena”, segundo o jornal francês “Le Monde”, ele é grande demais para caber em rótulos. Sua obra é tão vasta que desmente a profecia feita por ele mesmo numa entrevista, em 1991: “Em um país sem memória, quem morre é imediatamente esquecido. Quando eu morrer, vou passar uns 20 anos esquecido.” 


sábado, 28 de julho de 2012

DIVULGANDO ARTES...


1º  SALÃO DE ARTES PLÁSTICAS DO SABER CULTURAL, CULTURAL ARTE NOVA, EDITORA  ARTCLUB E MUSEU DO DESPORTO DO EXÉRCITO



Fotos do local da Exposição


Vista aérea do Museu do Desporto do Exército - Urca - RJ


Vista aérea do local da Exposição


Vista interna do Museu do Desporto do Exército 1


Vista interna do Museu do Desporto do Exército 2

REGULAMENTO


1.     INSCRIÇÃO:

As inscrições para a participação do 1º Salão de Artes Plásticas no Museu do Desporto estão abertas e encerram-se no dia 11 de setembro de 2012. As vagas são limitadas. As confirmações são feitas com o comprovante do pagamento, por e-mail, para sabercultural@globo.com
com cópia para mario.capelluto@globo.com   As obras serão entregues ou remetidas para o endereço da Associação Cultural Arte Nova - ASCAN, Rua do Matoso, 235 - Rio Comprido - RJ, CEP 20270-134, acompanhadas da Ficha de Inscrição preenchida, mais foto 10x15cm da(s) obra(s) inscrita(s).  O pagamento  da inscrição será efetuado  na Caixa Econômica Federal - Agência 0212 - Operação 001 -  conta corrente  nº 00989117-0  em nome de Mario Capelluto,  ou  cheque  nominativo enviado para o endereço à Rua Djalma Ulrich, 57 /1001 – Copacabana, RJ. CEP  22071-020.

OBS: A(s) obra(s) serão entregues  ou remetidas junto com a cópia da Ficha Técnica preenchida, para o endereço da Associação Cultural Arte Nova - ASCAN, Rua do Matoso, 235 - Rio Comprido - RJ. CEP 20270-134. A data da entrega é no período de 10 de agosto a 11 de setembro de 2012, de 2ª a 6ª feira das 9,00 às 16 horas, tendo em vista o fechamento do Catálogo da Exposição. Enviar por e-mail a Ficha de Inscrição preenchida, mais a foto da obra em alta qualidade um retrato tipo 3x4 e o comprovante de depósito dentro do prazo, até 11 de setembro.

Caso seja de extrema necessidade é possivel combinar a entrega física da(s) obra(s) após o prazo. 

 2.      PARTICIPAÇÃO:

O Tema da Exposição é focado no Esporte e Meio Ambiente,  aberto  a  todos  os  Artistas  Plásticos e Fotógrafos,  de  todo  e  qualquer  parte  do  Território  Nacional,  nas diversas modalidades artísticas e técnicas aplicadas.

As telas e artefatos deverão ter a medida máxima de 1.10m x 1.10m, com ou sem  moldura,  e  estar  c/  arame,  em  condições  de  serem  penduradas. Serão aceitas Esculturas com medidas máximas de até 0.60cm.


3.  ENTREGA  DAS  OBRAS:

Será feita no período de 10 de agosto a  11 de setembro de 2012,  no endereço à Rua do Matoso, 235 -   Rio Comprido - RJ - CEP 20270-134 ,  de segunda a sexta-feira das  9,00 às 16 horas,  devidamente embaladas e identificadas com a Ficha de Inscrição,  preenchida e assinada e foto da(s) obra(s). 

Artistas de outros estados deverão antecipar o envio da(s) obra(s) para que chegue dentro do prazo, isto é, até 11 de setembro no endereço acima.

Nota: As obras ou as fotos das mesmas que chegarem após a data limite de  11 de setembro de 2012, não serão inclusas no Catálogo da Exposição, mesmo já inscritas.

A Taxa de Inscrição  será  de  R$200,00 (duzentos reais)  para 1 obra e  R$ 300,00 (trezentos reais) para 2 obras. 

OBS: O Artista pode inscrever e concorrer com 2 obras, uma para cada Tema ou com duas para o mesmo Tema.

 
  4 .  JULGAMENTO:

Será  feito  em  seção  reservada,  com  membros notórios  do  meio  artístico  e  cultural,  sendo  conferido Certificado de Participação a todos os inscritos  e prêmios tais como:  Troféus,  Medalhas de  Ouro,  Prata e  Bronze, cunhadas para o evento. Outras premiações serão outorgadas de acordo com o apoio oferecido, além de sorteio de brindes aos inscritos.      

  5 . PREMIAÇÃO:

 Medalhas de ouro, prata e bronze  para as 3 melhores pinturas de cada Tema: Esporte e Meio Ambiente.

 Medalhas de ouro e prata para a melhor fotografia de cada Tema: Esporte e Meio Ambiente

 Medalhas de ouro, prata e bronze para as 3 melhores esculturas.

 Trofeu Especial Editora ArtClub para a melhor obra do Salão.

 Trofeu Especial Mazeredo para a melhor obra de Escultura.  

Os troféus e as medalhas serão cunhadas para o evento.

   6 .     EXPOSIÇÃO:

 Estará aberta ao  público  de  9 a 18 de novembro de 2012, de terça a domingo, das 9,30 às 12,00 horas e das 13,30 às 17,00 horas no Museu do Desporto do Exército – Fortaleza de São João – Urca - RJ .


   7 .   INAUGURAÇÃO:

 8 de novembro das 18 às 22 horas ( Convidados ), com coquetel, no Museu do Desporto do Exército – Fortaleza de São João – Urca - RJ (estacionamento no local).

Na oportunidade, o ArtClub estará lançando seu III vol. da série: Art Gallery in Brazil – Panorama da Arte Atual.

OBS: Será  cobrada  uma taxa  de  20%  sobre  o  valor  de  obra  vendida durante o período da Exposição.
   
As obras devem ser retiradas impreterivelmente nos dias 19 e 20 de novembro das 9,30h às 17,00h no local da Exposição. Após este prazo, excetuando-se as obras de outros Estados que serão devolvidas aos endereços de origem, ficarão de posse da ASCAN - Associação Cultural Arte Nova, sujeitas a uma taxa de permanência diária de R$10,00 até a sua retirada.

O Seguro das obras é de responsabilidade dos Artistas participantes.

O Artista ao se inscrever aceita as condições deste Regulamento e cede os direitos da  imagem para divulgação.  


OUTRAS  INFORMAÇÕES: 

Mario Capelluto – Diretor do Saber Cultural

 sabercultural@sabercultural.com                     mario.capelluto@globo.com

 Tels:(21) 3264-8243    (21) 9137 9583