BLOG CARLOS RIBEIRO

BLOG CARLOS RIBEIRO

terça-feira, 3 de julho de 2012

Cabo Frio: Tamoyo decide título Estadual da Super Liga Futsal Rio contra o Teresópolis





A noite desta quarta-feira (4) pode entrar para a história do Tamoyo. Pela primeira vez a equipe alviverde pode conquistar um título de expressão estadual. Para isso, precisa apenas de um empate no tempo normal para conquistar o título da Super Liga Futsal Rio, contra o Teresópolis, no Ginásio Pedro Jahara, às 21h, em Teresópolis. Na primeira partida da decisão, no Ginásio Eugênio Azevedo, na sede do clube, vitória por 4 a 2.

A vitória contra um dos times mais fortes da competição e que neste ano disputou também o Carioca de Futsal, organizado pela Federação de Futsal do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ), mostrou o quanto o time está unido e bem treinado. Para o treinador Wagner Cabeça, independente do resultado, o Tamoyo já é vencedor, por tudo que passou durante a competição.

- O time foi crescendo e chegamos neste último jogo cheio de lesões e problemas, mas com uma força mental impressionante. Independente do resultado já somos vencedores, pois fizemos o nosso melhor na preparação e será assim no jogo. Sabemos que a partida em uma quadra de 40x20 é diferente, mesmo assim estamos focados para conquistar nosso objetivo – disse o treinador, que não deu pistas como o time vai jogar nesta quarta-feira.

- Isso é segredo tático, mas estamos preparados pra tudo que o jogo pedir. O time quer isso (título) hoje mais do que eu. E olha que sou louco por isso, hein! (risos) – contou.

Ciente que podem fazer história, Cabeça vem conversando bastante com o elenco sobre isso. A primeira partida da final, que foi realizado no ginásio da sede do clube, mostrou o fanatismo da torcida, que lotou as arquibancadas e cantou no final do jogo.

- Falamos disso (de entrar para a história do clube). Não temos a verdadeira dimensão disso, até porque visualizamos o título, mas sabemos que ainda precisamos conquistá-lo. Então não temos essa dimensão, mas jogar no Tamoyo pra muito foi diferente de tudo, o ginásio cheio motivou e muito os jogadores a honrar ainda mais essa camisa. Um time comprometido como profissionais. Nunca tive nada igual, agradecerei eternamente por esses quatro meses de trabalhos intensos conosco, acreditando sempre nas nossas propostas – comentou o treinador, lembrando que os últimos dias foram de felicidade pela vitória na primeira partida.

- Dias de felicidade por conta da vitória no Tamoyo, dias de esperança no título, dias de expectativa pra fazer história. Chegar neste ponto de faltar apenas um jogo pra conquistar o título faz com que nos alimentemos cada vez mais. Daí meu papel de controlar esta ansiedade e deixar fluir todos os desejos que estes homens têm de ajudar o Tamoyo. Sabemos que não tem nada ganho e que será muito difícil, pois o Teresópolis tem uma grande equipe. Mas estamos preparados. Se não acreditarmos em nós mesmos, nunca seremos nada.
Fonte: Radar Público

         

0 comentários:

Postar um comentário