BLOG CARLOS RIBEIRO

BLOG CARLOS RIBEIRO

sábado, 7 de julho de 2012

Tiita - Exposição “Voltando aos Pincéis”



  Muita emoção na noite de abertura da Exposição “Voltando aos Pincéis”




A emoção da artista Tiita Machado tomou conta do Charitas na noite de ontem, dia 05 de julho, durante a abertura da Exposição “Voltando aos Pincéis”.



A exposição foi organizada pela Secretaria de Cultura de Cabo Frio e estará aberta à visitação, com venda dos quadros, de 06 de julho a 05 de agosto com entrada franca, de segunda à sexta-feira das 13h às 18 horas e aos sábados, domingos e feriados das 14h às 20 horas.



O ponto alto da noite foi a homenagem prestada pelo Secretário de Cultura, José Correia Baptista que em nome do Prefeito Marquinho Mendes, inaugurou o Espaço Tiita Machado eternizando o nome da artista no Museu José de Dome e na história da arte em Cabo Frio.



- Estamos muito felizes com o carinho do Secretário de Cultura, José Correia, e de toda a sua equipe que tão carinhosamente organizou a exposição e homenageou de forma tão especial a artista Tiita, mas principalmente a pessoa Tiita, essa cabo-friense tão apaixonada por sua terra quanto pela arte da pintura, declarou José Cláudio Machado, filho de Tiita Machado.



A noite de abertura da exposição contou com a presença dos filhos Myrian Oliveira, que veio de São Paulo especialmente para o evento, de Lélia Paranhos e de José Cláudio Machado e dos netos Maria Thereza e Cristiano, além de inúmeros amigos que puderam apreciar os quadros expostos saboreando um delicioso coquetel ao som dos artistas Ivan Morini e Edson Santos.



Saiba mais sobre Tiita Machado:

Celita de Azevedo Machado, mais conhecida como Tiita Machado, é natural de Cabo Frio - RJ, onde nasceu em 1929.



Tiita começou a pintar na década de 80, após uma temporada na Europa, onde visitou famosos museus, que aguçaram sua sensibilidade.
Voltando ao Brasil, incentivada por amigos artistas, principalmente Carlos Scliar, começou a expor os seus trabalhos.
É autodidata e adota estilo NAIF utilizando a técnica de acrílico sobre tela.
Seus quadros são todos imaginados: recordações da sua infância, cenas do povo da sua terra, lendas e expressões de sua Fé.





Sobre e para Tiita o artista Carlos Scliar escreveu:

“É nessa pureza de sua pintura ingênua, que eu digo, que é ingênua
até certo ponto, porque ela nasceu pintora. Eu acho que, de certa maneira, ela tem uma poética que só uma pessoa vivenciada como ela, e com sua sensibilidade, poderia nos passar.”






Tiita realizou duas exposições individuais no Museu Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro
Individual no Museu Internacional de Arte Naif do Brasil
Individual no Espaço Cultural PETROBRAS Bacia de Campos
Oito individuais e seis coletivas em estados diversos do Brasil
Coletiva no Musée Olimpique de Lausanne - Suíça
Obras na Universidade de Essex - Inglaterra



Eliane Ribeiro
Assessora de Comunicação

0 comentários:

Postar um comentário