BLOG CARLOS RIBEIRO

BLOG CARLOS RIBEIRO

sábado, 6 de outubro de 2012

COLUNA ELIANE GUEDES

Ola,

Há algum tempo atrás, ainda no regime de exceção, existiam somente os contras ou a favor.

Quem era contra era perseguido, preso, torturado e muitas vezes desapareciam, assim do nada. Forjararam-se líderes com a dor de ver a Pátria vilependiada, e os milhares de brasileiros submetidos a humilhação de sequer poder expressar seus pensamentos.
Esta época, como tudo na vida passou, a maioria deste líderes galgaram posições dentro do Executivo e Legislativo. Ganhamos a eleição presidencial, nos governos estaduais e municipais.
O País viveu um tempo de redenção.

A corrupção varreu nossa pátria, muitos líderes morreram ou foram tragados por esta corrupção, que tanto combateram e mesmo sofreram.
 
Os anos se passaram e alguns acham que tudo caiu no esquecimento.
 
Esquecem que na verdade muitos, mais muitos brasileiros, lutaram para hoje termos eleições diretas em todos os níveis. Esquecem que os filhos deste bravos e anônimos brasileiros, cresceram e hoje também ocupam posições, no judiciário, no Ministério Público e vários segmentos do Poder. Estes jovens cresceram com os mesmos ideais de seus pais, que entendem a luta travada por um pais melhor.
 
As pessoas esquecem e acreditam na impunidade, em comprar o voto.trocar por favores, etc o país esta amadurecendo e os candidatos que não perceberem isto, estão fadados a própria sorte.
O que esperamos é um governo que ouça as reividicações da sociedade como um todo, e não previlegiando apenas a poucos.
 
Na cultura onde vivo intensamente , apenas queremos respeito a nossa arte e aos nossos projetos.
Quando descobrimos verdadeiramente o caminho, cuja a opção foi a de realizar nossa arte, sem contudo formatar o que deve ser feito.
 
Quando as críticas surgem e nos dão mais forças para prosseguir e quando finalmente nos deparamos conosco mesmo, através das peças que criamos ou da nossa arte, é que temos a certeza do quanto já caminhamos e como deixamos nossa marca na cultura de nossa região.


Nós da Casa Atelier, fazemos, não importando se o Poder Público investe ou não.


Nós realizamos de acordo com nossa crenças e nossa verdade e avançamos a cada dia, ganhando o respeito que tantos gostariam de ter.


Os vários segmentos de artistas devem continuar cada um no seu trajeto, sem perder a visão do todo.Quando crescemos em conjunto , crescemos fortes.
 
Respeito os movimentos sérios de quem esta fazendo cultura.


Crescer juntos não significa a unanimidade, porque ela é por si só inconseqüente, nem devemos pegar o mote da crítica pela critica, como forma de estarmos em eviência momentânea.


O respeito deve vir pela admiração a nossa arte, e não porque fazemos parte deste ou daquele ou tro segmento.


Estamos acostumados a viver em um mundo onde as pessoas vivem a base da reciprocidade e a suposta amizade vive de espectativas.Todos tem algo de bom, devemos é ter a leitura do Bem e continuar nossa jornada.
 
 Clique na imagem para ampliar
 
DINIDADE AO ARTISTA, RESPEITO À CULTURA
Eliane Guedes
Pedagoga e Artista
Casa Atelier Eliane Guedes: Rua Francisco Paranhos 428. Vila Nova. Cabo Frio. Rj
Telefone 022 9937 6786

0 comentários:

Postar um comentário