BLOG CARLOS RIBEIRO

BLOG CARLOS RIBEIRO

sábado, 18 de maio de 2013

Cultura de Cabo Frio, RJ, e Iphan vão recuperar Forte São Matheus

 
José Facury Heluy
 O desejo é que quando o visitante entre nele vivencie visual e virtualmente todos os tipos de armas e paramentos que compuseram através da história a sua defesa. Em rumo ao Cabo Frio, quatrocentão.
 
O Forte São Mateus, Cabo Frio, é um dos pontos históricos e turísticos da cidade. (Foto: Divulgação)
 
 
 
Construído no século XVII e cercado por muitas histórias que se misturam ao surgimento de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, o Forte São Matheus está prestes a passar por mais uma restauração. Para isso a secretaria de Cultura da cidade, em parceria com Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan), vai promover a primeira de algumas melhorias que estão previstas para o local.
 
De acordo com Clébio Gonçalves, administrador do forte, nesta etapa serão realizados reparos no telhado, guarita, nas correntes da balaustrada (conjunto de parapeito, grade, corrimão para proteção), na ponte de acesso, entre outros. Ainda segundo Gonçalves, o início do trabalho aguarda apenas a autorização do Iphan.
 
“O prédio é histórico, tombado pelo Patrimônio Histórico. É preciso que nossa história seja mantida viva também através de nossos monumentos”, disse Clébio, que também é diretor do Departamento de Memória Histórica da cidade.
 
Após a função de salvaguardar a antiga povoação de Santa Helena do Cabo Frio e da barra do canal da Lagoa de Araruama (hoje Canal do Itajuru), atualmente o forte abraça a vocação de espaço cultural e turístico.
 
Sobre o Forte São Matheus
No começo do século XVII o Forte de Santo Inácio do Cabo Frio foi demolido para dar início a construção do Forte São Matheus, uma vez que o primeiro foi considerado pelo governador da época muito vulnerável à função de proteção que lhe cabia. O objetivo do Forte era proteger a costa dos ataques e invasão dos franceses, holandeses e ingleses que invadiam a região em razão da imensa quantidade de Pau-Brasil que existia por aqui.
 
Segundo alguns estudos, parte do material de construção e de artefatos, como armamento e guarnição que pertenciam ao antigo prédio, foram remanejados para o novo Forte. Na terceira década do século XIX, as dependências do prédio consistiam de alojamentos do comandante, da guarnição, sala de arrecadação, de guarda fogo, do paiol, e de uma prisão.
 
Atualmente voltado para o uso turístico e cultural, o Forte São Matheus – que engloba o penedo em que se ergue o prédio e a ponta da praia num raio de 500m de partir do centro do imóvel – é tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.
 
SERVIÇO

Forte São Matheus
Praia do Forte, Cabo Frio
Funcionamento: de segunda a segunda, de 8h às 17h

Fonte original da notícia

0 comentários:

Postar um comentário