BLOG CARLOS RIBEIRO

BLOG CARLOS RIBEIRO

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Cabo Frio: Comerciantes aprovam projeto “Circuito da Música” que aquece a economia local

 
Por onde passa o Projeto “Circuito da Música” deixa um pequeno sabor de “quero mais”. Este tem sido o tom da ideia simples que começou com objetivo de dar uma opção a mais de lazer para quem mora ou visita Cabo Frio fora da alta temporada. A cada final de semana, a Secretaria de Eventos programa uma atração musical valorizando músicos da região. Os ritmos vão do pagode ao rock internacional passando pelo jazz e bossa nova.
 
 
 A Comsercaf coloca a estrutura como palco, som & luz, banheiros químicos e uma tenda de 100 m2 com mesas e cadeiras. A guarda municipal reforça a segurança. Pronto, o ambiente fica perfeito.  O negócio evoluiu acima da expectativa e passou a agradar também ao comércio local que pode se programar para atender ao público que cresce a cada edição do Circuito da Música.
 
 
 
Neste final de semana, a quadra na Nilo Peçanha entre a Praia do Forte ficou pequena para abrigar as mais de três mil pessoas que se divertiram na noite de sábado. Além do show, a prefeitura disponibilizou um super telão de LED com 30m2 para transmitir as finais do Sul-americano de Vôlei  Masculino. No domingo, o FlaFlu também foi ao vivo.
 
 
 
 
-Foi uma excelente ideia, porque movimenta o comércio com público que senta para assistir aos shows e até consome mais. O Circuito da Música ajuda muita o comércio local-, disse o empresário Fernando do Comilão que há 31 anos mantém o “point” do lanche Comilão.
 
Para a empresária Elza Souza  do bar Koala, o movimento fica melhor com a apresentação dos shows de qualidade.
 
 
-Mudou a programação muda o público para melhor-, observou. Já o gerente do Koala afirma que todo o comércio fica esperando a nova edição do CM porque sabe que o faturamento vai aumentar.
 
 
-As vezes colocamos funcionários extras para dar conta do movimento-, disse Renan Vieira enquanto se desdobrava para atender a dezenas de pedidos entre petiscos e bebidas.
 
 
Entre os onze bares e restaurantes, todos fazem coro quanto ao sucesso do Circuito da Música que oferece diversão com total segurança. É comum as mesas serem reservadas para grandes famílias com crianças de colo e até bebês dormindo em carrinhos. Além dos bares e restaurantes, a loja Fly com dois pontos na Nilo Peçanha fica aberta até o final do show
 
 
-Esse movimento dos shows ajuda a divulgar nossa loja. As pessoas olham os produtos. Muitos voltam depois para comprar. Então o evento ajuda bastante-, comentou o argentino, Gustavo Oliveros, gerente da Fly que ficou de olho no telão na final entre Brasil & Argentina no vôlei masculino.
 
 
 
Show de todos os ritmos anima torcida
 
 O secretário de eventos Edson Leonardes optou por escalar a banda Vem no Klima que tocou duas horas de pagode romântico na sexta-feira depois do jogo do vôlei masculino. No sábado, o cantor Kaique Telles e banda fizeram tributo a Cazuza para comemorar a vitória brasileira no vôlei masculino na Copa Sul-americana. Domingo, depois do futebol FlaFlu no super telão a Banda Osiris mandou ver no melhor do rock.  
 
-Foi um final de semana especial por conta das apresentações da seleção brasileira de vôlei que jogou em Cabo Frio. Foram três dias de evento sem problemas e mostra que se tudo for bem organizado o público aparece. Foi bom ver este espaço lotado e as pessoas se divertindo com total tranquilidade-, observou Leonardes que já prepara o Circuito da Música para chegar ao bairro do Peró.  
 
Fonte: Redação/PMCF

0 comentários:

Postar um comentário