BLOG CARLOS RIBEIRO

BLOG CARLOS RIBEIRO

terça-feira, 27 de maio de 2014

HOJE (27) É O DIA DA MATA ATLÂNTICA...

Clique na imagem para ampliar
 
 
 
Ela protege uma das mais ricas biodiversidades do mundo, oferece locais de beleza cênica sem igual, contribui com o fornecimento de água para mais da metade da população brasileira e na regulação do clima de algumas das maiores cidades do país. É impossível falar da Mata Atlântica, uma das florestas mais exuberantes do mundo, sem usar superlativos para dimensionar sua importância e evidenciar sua urgente proteção. Restam apenas 7% do bioma em seu estado natural e 60% dos animais ameaçados de extinção do país dependem desse ambiente para sobreviver.
 
 
Clique na imagem para ampliar
 
 
Nesta Terça feira, 27 de maio, comemora-se o Dia da Mata Atlântica. A data marca a necessidade de barrar o desmatamento, recuperar o que foi degradado, ampliar o número de áreas protegidas, públicas e privadas, e melhorar a gestão daquelas que já existem. Os principais núcleos de resistência da floresta são as áreas já protegidas, ou seja, parques públicos e reservas particulares criados por lei.
 
 
Setenta anos depois de criada a primeira unidade de conservação – o Parque Nacional do Itatiaia – para evitar a destruição de trechos fundamentais do bioma, agora o desafio é aperfeiçoar a infra-estrutura e o modelo de gestão dos parques para que o visitante destas áreas passe a ser mais um aliado na conservação da Mata Atlântica.
 
 
“À medida que as pessoas conheçam e descubram para que servem as unidades de conservação e a relação direta dessas áreas com sua qualidade de vida, elas passarão a apoiar e contribuir para que elas se perpetuem, tornando-se aliadas da conservação ambiental”, aposta a coordenadora do Programa Mata Atlântica do WWF-Brasil, Luciana Simões.
 
Clique na imagem para ampliar
 
 
No passado, o imenso território da Mata Atlântica estendia-se por 17 estados brasileiros. Com a ocupação do litoral, a floresta começou a ser fragmentada e cedeu espaço a um intenso processo de urbanização. Hoje restam apenas 7% da área que tinha quando foi descrita pela primeira vez. São somente 104 mil quilômetros quadrados, área um pouco maior que a do estado de Pernambuco.
 
 
Ainda assim, a Mata Atlântica é uma das cinco florestas ameaçadas com maior biodiversidade do mundo, segundo a ONG Conservação Internacional. O bioma apresenta, por exemplo, 725 espécies de vertebrados endêmicos, que não são encontrados em nenhum outro lugar do planeta e é uma área prioritária para ações de conservação.

 
 
 
 

0 comentários:

Postar um comentário