BLOG CARLOS RIBEIRO

BLOG CARLOS RIBEIRO

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Mocidade: Carnavalesco diz que por enquanto o enredo não mudou...



São fortes os rumores de uma possível mudança de enredo da Mocidade Independente de Padre Miguel. Uma das primeiras escolas a divulgar o tema para 2016, a alviverde ainda não se decidiu pela manutenção ou mudança de rumo. O carnavalesco Edson Pereira, que esteve na escola nesta segunda-feira, 18 de maio, falou ao Tudo de Samba sobre o assunto.


- Estive na escola e não há nenhuma definição quanto à mudança. Por enquanto, posso afirmar que trabalhamos ainda em cima do enredo ‘Alendaimaginação’, uma ideia bastante interessante – afirmou.


É notória a dificuldade financeira que toma conta do carnaval. E não é para menos, tendo em vista a atual conjuntura econômica do Brasil. A tendência é de que as verbas sejam reduzidas e o custo de material, de pessoal, de toda estrutura do maior espetáculo da Terra, não deixe de aumentar exponencialmente, como vem ocorrendo nas últimas temporadas. Natural que enredos autorais sejam preteridos em prol de ideias que consigam apoio financeiro ou já venham com patrocínio embutido. Pereira diz entender este contexto e revela que não é só uma proposta que chegou à Mocidade, bem como tem chegado em boa parte das adversárias.

- Não precisamos tapar o sol com a peneira. É claro que o país atravessa muitas dificuldades e não seria diferente com o carnaval. O custo de uma escola de samba é altíssimo e nem sempre dá para cobri-lo com a grana oficial e com o que se arrecada na quadra, por exemplo. As propostas chegam, temos ao menos três consideráveis, e é sim necessária uma análise mais detalhada em cima desses prós e contras. O espetáculo tem que sair, temos que desfilar bonitos e competitivos e, embora não tenhamos nenhuma alteração ainda, vamos aguardar os acontecimentos – esclareceu.
monrtagemedsonlouasa
Quanto a eventuais prejuízos numa mudança de direção rumo à apresentação de fevereiro próximo, o artista enfrenta com absoluta naturalidade eventual modificação, reforçando o conceito de que não existe enredo ruim, o que rola é concepção errada. E nesta armadilha garante que não cairá.

- Se por acaso acontecer a mudança do tema, vamos tocar com total tranquilidade e alegria. Não existe enredo ruim, o que acontece às vezes é uma concepção errada. Isso sim é nocivo. Quanto ao tempo, embora tenhamos saído na frente, ainda há bastante o que percorrer até o carnaval, tanto que boa parte das escolas ainda não escolheu o enredo. Nada demais, nada a temer. Não tem alteração, repito, mas estaremos tranquilíssimos aqui, caso ocorra – finalizou.
Fonte: MARCELO BARROS - http://tudodesamba.com.br/

0 comentários:

Postar um comentário