BLOG CARLOS RIBEIRO

BLOG CARLOS RIBEIRO

terça-feira, 19 de janeiro de 2016


DIA DO PASSISTA - 19 DE JANEIRO

Brilhar na Passarela do Samba é o sonho de todos os envolvidos no Carnaval, mas para bilhar no Carnaval do Rio de Janeiro é preciso ter muito samba no pé. E ninguém entende mais de samba no pé do que os passistas das escolas de samba. O passista é um verdadeiro símbolo da alegria que envolve o Carnaval, eles dão o significado e potencializam a verdadeira animação, mostrando a felicidade estampada em seus sorrisos.


Este (a) dançarino (a) pode ser definido como a base da uma escola, pois todos(as) começam sendo passistas, para, só depois, chegar a ser mestre-sala, porta-bandeira ou baiana. Isso quem garante é Valci Pelé, que dá nome a Lei do Passista. E o Blog Carlos Ribeiro não poderíamos deixar de homenagear essa figura marcante do carnaval.


A Dedicação do Passista


Costumam dizer que o passista já nasce feito, já nasce sabendo, que está no sangue ou mesmo questão de DNA. De qualquer maneira, essa atividade requer muita dedicação e aprendizado, como todas as outras dentro de uma escola de samba.

A ala dos passistas é fundamental dentro das escolas. Muito mais do que pelo número de componentes, pois não é tão significativa se comparado a outras alas em quantidade, mas pela importância de funcionar como uma espécie de laboratório do samba. Pois é daqui que saem meninas que se destacarão na passarela do samba no futuro. Para ser passista é preciso um conjunto de fatores como sensualidade, alegria e muito samba no pé.


Além disso, eles têm papel importantíssimo no julgamento, influindo diretamente nos quesitos harmonia e evolução.

A Origem da Lei do Passista

A Lei Municipal 4.462, que criou o Dia do Passista, partiu da iniciativa do então vereador José Carlos Rego, em 2007, e teve como principal homenageado Valci Pelé, que dá nome a Lei.




Parabéns Passistas !!!

Pelo dia de vocês que samba com garra, brilho e amor 

0 comentários:

Postar um comentário