BLOG CARLOS RIBEIRO

BLOG CARLOS RIBEIRO

quinta-feira, 29 de junho de 2017

29 de junho - Dia de São Pedro...






São Pedro Inicialmente um pobre pescador da Galiléia nascido em Betsaida, às margens do rio Jordão, junto ao lago de Genesaré, que se tornou discípulo de Jesus, conhecido como o Príncipe dos Apóstolos, e tido como fundador da Igreja Cristã em Roma e considerado pela Igreja Católica como seu primeiro Papa (42-67). Ignora-se a precisa data de seu nascimento e as principais fontes de informação sobre sua vida são os quatro Evangelhos (Mateus, Marcos, Lucas e João), onde aparece com destaque em todas as narrativas evangélicas, os Atos dos Apóstolos, as epístolas de Paulo e as duas epístolas do próprio apóstolo. Filho de Jonas, da tribo de Neftali, e irmão do apóstolo André, seu nome original era Simão e na época de seu encontro com Cristo morava em Cafarnaum, com a família da mulher (Lc 4,38-39). Pescador, tal como os apóstolos Tiago e João, trabalhava com o irmão e o pai e foi apresentado a Jesus, em Betânia, por seu irmão que já era discípulo de São João Batista e lá tinha ido conhecer o Cristo, por indicação de São João. No primeiro encontro Jesus o chamou de Cefas, que significava pedra, em aramaico, determinando, assim, ser ele o apóstolo escolhido para liderar os primeiros propagadores da fé cristã pelo mundo. Jesus, além de muda-lhe o nome, o escolheu como chefe da cristandade aqui na terra: "E eu te digo: Tu és pedra e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela. E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares sobre a terra, será ligado também nos céus" (Mt. 16: 18-19). Convertido, despontou como líder dos doze apóstolos, foi o primeiro a perceber em Jesus o filho de Deus. Junto com seu irmão e os irmãos Tiago e João Evangelista, fez parte do círculo íntimo de Jesus entre os doze, participando dos mais importante milagres do Mestre sobre a terra. Teve, também, seus momentos controvertidos, como quando usou a espada para defender Jesus e na passagem da tripla negação, e de consagração, pois foi a ele que Cristo apareceu pela primeira vez depois de ressuscitar. Após a Ascensão, presidiu a assembléia dos apóstolos que escolheu Matias para substituir Judas Iscariotes, fez seu primeiro sermão no dia de Pentecostes e peregrinou por várias cidades. Fundou as linhas apostólicas de Antioquia e Síria (as mais antigas sucessões do Cristianismo, precedendo as de Roma em vários anos) que sobrevivem em várias ortodoxias Sírias. Encontrou-se com São Paulo, em Jerusalém, e apoiou a iniciativa deste, Paulo de Tarso, de incluir os não judeus na fé cristã, sem obrigá-los a participarem dos rituais de iniciação judaica. Após esse encontro, foi preso por ordem do rei Agripa I, encaminhado à Roma durante o reinado de Nero, onde passou a viver. Ali fundou e presidiu à comunidade cristã, base da Igreja Católica Romana, e, por isso, segundo a tradição, foi executado por ordem de Nero. Conta-se, também, que pediu aos carrascos para ser crucificado de cabeça para baixo, por se julgar indigno de morrer na mesma posição de Cristo Salvador. Seu túmulo se encontra sob a catedral de S. Pedro, no Vaticano, e é autenticado por muitos historiadores. É festejado no dia 29 de junho, um dia de importantes manifestações folclóricas, principalmente no Nordeste brasileiro. Curiosidade: No dia de São Pedro, todos os que receberam seu nome devem acender fogueiras na porta de suas casas. Além disso, se alguém amarrar uma fita no braço de alguém chamado Pedro, ele tem a obrigação de dar um presente ou pagar uma bebida àquele que o amarrou, em homenagem ao santo. 


Dia do Pescador






Apesar de o Brasil ser um imenso país com um extenso litoral, a atividade pesqueira artesanal e, conseqüentemente, os pescadores, foram marginalizados na economia brasileira, pois deixaram de receber estímulos para aumentar sua produção, ao ser extinta a Superintendência de Desenvolvimento Pesqueiro (Sudepe) e ao ser revogado o decreto lei no 1.217, de 9/5/1972, que dispunha sobre incentivos à pesca.Atualmente, os pecadores estão sendo expulsos de áreas tradicionalmente destinadas à pesca para cederem espaço aos luxuosos loteamentos instalados à beira-mar.Conforme o IV Plano Nacional de Desenvolvimento da Pesca, são vários os fatores que impedem a modernização da pesca artesanal, tais como: falta de capacitação do pescador, lenta transferência de tecnologia, dificuldades de acesso ao mercado, falta de infra-estrutura para conservação do pescado (o que obriga o pescador a sujeitar-se ao intermediário), falta de linhas de crédito e falta de uma política eficaz de proteção ao local de trabalho do pescador artesanal.Esses problemas são os responsáveis diretos pelo baixo nível de desenvolvimento da pesca artesanal em todo o litoral do Brasil. O pescador tem acesso ao objeto de seu trabalho, o mar, mas nem sempre possui os meios para exercer sua profissão com dignidade. Apesar de o nível de produção ser qualitativamente bom, a pesca artesanal deixa muito a desejar no aspecto quantitativo, em razão da falta de recursos materiais, fato que contribui para que o pescador continue em total pobreza.As comunidades de pescadores estão desaparecendo, vitimadas pelo processo do chamado "avanço tecnológico". Mesmo a tradicional jangada, símbolo do pescador, está sendo esquecida.A vida do pescador não é fácil. Ele sai de madrugada, deixa sua família em terra firme e vai para o mar para cumprir seu dever. Como não há segurança em seus pequenos barcos, os pescadores ficam à mercê das intempéries. Mas a paixão pelo mar supera qualquer trauma sofrido pelos destemidos pescadores.A atividade da pesca é de fundamental importância, por ser responsável pelo fornecimento de alimentos e por proporcionar emprego em zonas costeiras e rurais. O êxito dessa atividade, contudo, depende da proteção dos ecossistemas marinhos em que é exercida, principalmente daqueles ameaçados pela exploração desenfreada dos recursos naturais e pela poluição. Essas conseqüências devem ser evitadas mediante ações coletivas efetuadas entre governo e população. 




 Oração aos Santos Apóstolos ~ Pedro e Paulo ~ Ó Santos Apóstolos Pedro e Paulo, nós te escolhemos hoje e para sempre como nossos especiais protetores e advogados: ao glorioso São Pedro, Príncipe dos Apóstolos, por ser a pedra sobre qual Deus edificou sua Igreja; ao bem-aventurado São Paulo, porque foi escolhido por Deus como pregador da verdade em todo o mundo; alcança-nos, te pedimos, uma viva fé, firme esperança e ardente caridade; um despojamento total de nós mesmos, desprezo pelo mundo, paciência nas adversidades, humildade nas coisas prósperas, atenção na oração, sincera intenção no trabalho, diligencia no cumprimento da das obrigações, constancia nos proppósitos, conformidade com vontade Deus e perseverança na divina graça ate a morte, a fim de que por tua intercessão e teus gloriosos meritos, superadas as tentações do mundo, do demonio e da carne, sejamos dignos de comparecer diante do supremo e eterno Pastor de almas, Jesus Cristo, para gozar e amar eternamente a ele que, com o Pai e o Espirito Santo, vive e reina pelos séculos dos séculos. Amém. "Quanto a mim, estou a ponto de ser imolado e o instante da minha libertação se aproxima. 7 Combati o bom combate, terminei a minha carreira, guardei a fé." (II Tim 4, 6-7)."Feliz o homem que não procede conforme o conselho dos ímpios, não trilha o caminho dos pecadores, nem se assenta entre os escarnecedores. 2 Feliz aquele que se compraz no serviço do Senhor e medita sua lei dia e noite. 3 Ele é como a árvore plantada na margem das águas correntes: dá fruto na época própria, sua folhagem não murchará jamais. Tudo o que empreende, prospera. 4 Os ímpios não são assim! Mas são como a palha que o vento leva. 5 Por isso não suportarão o juízo, nem permanecerão os pecadores na assembléia dos justos. 6 Porque o Senhor vela pelo caminho dos justos, ao passo que o dos ímpios leva à perdição." ( Salmo 1, 1-6 ). 

quarta-feira, 21 de junho de 2017

21 DE JUNHO, ANIVERSÁRIO DE MACHADO DE ASSIS...



Hoje comemoram-se os 178 anos de nascimento de um dos maiores escritores brasileiros, Joaquim Maria Machado de Assis

Fotografia de Machado de Assis em 1904
Fotografia de Machado de Assis em 1904
A edição de hoje do Blog Carlos Ribeiro em homenagem ao aniversário de Machado de Assis, nascido em 21 de junho de 1839. Maior escritor brasileiro e patrono da Imprensa Nacional, título conferido por decreto presidencial de 13 de janeiro de 1997, aqui ele iniciou sua atividade profissional como aprendiz de tipógrafo, entre 1856 e 1858, na então Typographia Nacional dirigida pelo também escritor Manuel Antonio de Almeida. Posteriormente, Machado de Assis regressou para exercer a função de assistente do Diretor do Diário Oficial, no período de 1867 a 1874. O Museu da Imprensa preserva em excelente estado o prelo em que ele trabalhou com aprendiz de tipógrafo, justamente denominado prelo Machado de Assis, uma das peças mais admiradas do acervo.


Joaquim Maria Machado de Assis nasceu pobre e epilético. Era filho de Francisco José Machado de Assis e de Leopoldina Machado de Assis, neto de escravos alforriados. Foi criado no morro do Livramento, no Rio de Janeiro. Ajudava a família como podia, não tendo freqüentado regularmente a escola. 

Sua instrução veio por conta própria, devido ao interesse que tinha em todos os tipos de leitura. Graças a seu talento e a uma enorme força de vontade, superou todas essas dificuldades e tornou-se em um dos maiores escritores brasileiros de todos os tempos.


Entre os seis e os 14 anos, Machado perdeu sua única irmã, a mãe e o pai. Aos 16 anos empregou-se como aprendiz numa tipografia e publicou os primeiros versos no jornal "A Marmota". Em 1860, foi convidado por Quintino Bocaiúva para colaborar no "Diário do Rio de Janeiro". Datam dessa década quase todas as suas comédias teatrais e o livro de poemas "Crisálidas".
Em 12 de novembro de 1869 casou-se com Carolina Augusta Xavier de Novais. Esse casamento ocorreu contra a vontade da família da moça, uma vez que Machado tinha mais problemas do que fama. Essa união durou cerca de 35 anos e o casal não teve filhos. Carolina contribuiu para o amadurecimento intelectual de Machado, revelando-lhe os clássicos portugueses e vários autores de língua inglesa. 

Na década de 1870, Machado publicou os poemas "Falenas" e "Americanas"; além dos "Contos Fluminenses" e "Histórias da meia-noite". O público e a crítica consagraram seus méritos de escritor. Publicou os romances: "Ressurreição" (1872); "A Mão e a Luva" (1874); "Helena" (1876); "Iaiá Garcia" (1878). Essas obras ainda estão ligadas à literatura romântica e formam a chamada primeira fase de Machado de Assis. 

Em 1873, o escritor foi nomeado primeiro oficial da secretaria de Estado do Ministério da Agricultura, Comércio e Obras públicas. A sua carreira burocrática teve uma ascensão muito rápida, uma vez que, em 1892, já era diretor geral do Ministério da Viação. O emprego público garantiu a estabilidade financeira, uma vez que viver de literatura naquela época era quase impossível, mesmo para os bons escritores. 

Na década de 1880, a obra de Machado de Assis sofreu uma verdadeira revolução, em termos de estilo e de conteúdo, inaugurando o Realismo na literatura brasileira. Os romances "Memórias póstumas de Brás Cubas" (1881); "Quincas Borba" (1891); "Dom Casmurro" (1899) e os contos "Papéis avulsos" (1882); "Histórias sem data" (1884), "Várias histórias" (1896) e "Páginas recolhidas" (1899), entre outros, revelam o autor em sua plenitude. O espírito crítico, a grande ironia, o pessimismo e uma profunda reflexão sobre a sociedade brasileira são as suas marcas mais características. 

Em 1897, Machado fundou a Academia Brasileira de Letras, da qual foi o primeiro presidente, pelo que a instituição também conhecida como casa de Machado de Assis. Ocupou a Cadeira N.º 23, de cujo patrono, José de Alencar, foi amigo e admirador. 

Em 1904, a morte de sua mulher foi um duro golpe para o escritor. Depois disso, raramente ele saía de casa e sua saúde foi piorando por causa da epilepsia. Os problemas nervosos e uma gagueira contribuíram ainda mais para o seu isolamento. São dessa época seus últimos romances "Esaú e Jacó" (1904) e "Memorial de Aires" (1908), que fecham o ciclo realista iniciado com "Brás Cubas" 

Machado de Assis morreu em sua casa situada na rua Cosme Velho. Foi decretado luto oficial no Rio de Janeiro e seu enterro, acompanhado por uma multidão, atesta a fama alcançada pelo autor. 

O fato de ter escrito em português, uma língua de poucos leitores, tornou difícil o reconhecimento internacional do autor. A partir do final do século 20, porém, suas obras têm sido traduzidas para o inglês, o francês, o espanhol e o alemão, despertando interesse mundial. De fato, trata-se de um dos grandes nomes do Realismo, que pode se colocar lado a lado ao francês Flaubert ou ao russo Dostoievski, apenas para citar dois dos maiores autores do mesmo período na literatura universal. 
Fonte: www.uol.com.br

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Significado de Corpus Christi...

 
 
O que é Corpus Christi:

Corpus Christi significa Corpo de Cristo. É uma festa religiosa da Igreja Católica que tem por objetivo celebrar o mistério da eucaristia, o sacramento do corpo e do sangue de Jesus Cristo. A festa de Corpus Christi acontece sempre na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, em alusão à quinta-feira santa quando Jesus instituiu o sacramento da eucaristia.
 
A festa do Corpus Christi foi instituída pelo Papa Urbano IV no dia 8 de Setembro de 1264.
Corpus Christi não é feriado nacional, tendo sido classificado pelo governo federal como ponto facultativo. Isso significa que a entidade patronal é que define se os funcionários trabalham ou não nesse dia, não sendo obrigados a dar-lhes o dia de folga.
 
Durante esta festa são celebradas missas festivas e as ruas são enfeitadas para a passagem da procissão onde é conduzido geralmente pelo Bispo, ou pelo pároco da Igreja, o Santíssimo Sacramento que é acompanhada por multidões de fiéis em cada cidade brasileira.
 
 
 
A tradição de enfeitar as ruas começou pela cidade de Ouro Preto em Minas Gerais. A procissão pelas vias públicas, é uma recomendação do Código de Direito Canônico que determina ao Bispo Diocesano que tome as providências para que ocorra toda a celebração, para testemunhar a adoração e veneração para com a Santíssima Eucaristia.
 
A procissão de Corpus Christi lembra a caminhada do povo de Deus, peregrino, em busca da Terra Prometida. O Antigo Testamento diz que o povo peregrino foi alimentado com maná, no deserto. Com a instituição da eucaristia o povo é alimentado com o próprio corpo de Cristo.


Mais um dia especial! O feriado de Corpus Christi, em Cabo Frio pra variar com chuva, nos dá a chance para fazermos um apanhado das nossas ações e atitudes em prol dos nossos semelhantes. O Blog Carlos Ribeiro deseja a vocês um dia de descanso e de lazer com família e com os amigos. Sem esquecer Daquele que está lá no alto a nos dar a energia vital para a Vida. Sejamos portanto gratos a Ele. Em Cabo Frio, tapetes de sal destruídos pela chuva! Boa Quinta a todos e muito obrigado pela visitinha aqui no Blog! Que Deus nos proteja!

segunda-feira, 12 de junho de 2017

12 DE JUNHO - FELIZ DIA DOS NAMORADOS...




O Dia dos Namorados é comemorado em 12 de junho no Brasil, e é quando os casais celebram sua união.

É muito comum nessa data a troca de cartões postais e presentes especiais, além de flores, bombons e jantares. Nesta data, os casais também agradecem o companheirismo e a dedicação entre ambos durante o ano todo.

Fora do Brasil, especialmente nos Estados Unidos e na Europa, o Dia dos Namorados é celebrado em 14 de fevereiro, data também conhecida como Dia de São Valentim (Valentine’s Day).

Mensagens ou Depoimentos para Namorados



“Quando estou contigo sinto como se o mundo todo parasse no tempo. Minhas mãos tremem, minha respiração fica ofegante e meus lábios desenham um largo sorriso no rosto… Ah, como adoro estar com você! Minha felicidade tem um nome, que quero pronunciar durante todos os dias de minha vida… Ao seu lado! Te amo muito e quero continuar congelando os segundos para viver eternamente com você”.

“Me apaixono por você todos os dias, em cada descoberta e a cada minuto que estamos juntos. Te amo a cada dia mais e me sinto tão completo, que não consigo deixar de pensar em como sou a pessoa mais sortuda do mundo por te ter em minha vida! Quero criar raízes sobre os teus braços. Quero olhar o brilho de teu olhar meigo e rir com você… Quero poder dizer “Eu te amo” para sempre!”
Frases para o Dia dos Namorados

Normalmente, nesta data os namorados expressam todo o amor e carinho que sentem pelas suas "almas gêmeas". Declarações de amor, poemas, contos, frases e mensagens são utilizadas como forma de concretizar todos os sentimentos que compõe a relação.

No Dia dos Namorados, leve sua namorada ou namorado a um restaurante da cidade que ambos gostem, façam uma viagem para algum lugar bem romântico, vão ao cinema ver um filme, ou se hospedem em um hotel para criar um clima diferente.

Puxe pelas ideias românticas para este dia. O importante nesta data é fazer algo que o casal dificilmente faz ou que nunca tenha feito, aí a emoção é muito maio.

Não posso reclamar de nada
Se eu tenho você aqui
Iluminando o chão da estrada
Caminho que eu escolhi
Não posso acomodar na fala
As coisas que são pra sentir
É só olhar na minha cara
Pra ver meu coração sorrir
Você foi o melhor presente
Que tão gentilmente a vida me deu
agora é só cuidar direito
É tudo tão perfeito
Entre você e eu.

(Não Posso Reclamar de Nada – Fábio Júnior)

segunda-feira, 5 de junho de 2017

5 de junho: Celebre o Dia Mundial do Meio Ambiente...

Celebre o Dia Mundial do Meio Ambiente! Seja organizando campanhas para a limpeza da sua rua ou promovendo iniciativas pela redução do desperdício de alimentos, dias sem carro, diminuição do uso de plástico, exibições de arte, movimentos de plantio de árvores, shows, recitais e apresentações de dança, iniciativas de reciclagem, campanhas online e competições — toda ação conta. Quando multiplicada por uma comunidade global, o impacto de nossas vozes e ações individuais se tornam exponenciais.
 
 
 

O Dia Mundial do Meio Ambiente (DMMA), que em 2014 será lembrado na quinta-feira, 5 de junho, é o principal veículo das Nações Unidas dedicado a estimular ação e conscientização global em prol do meio ambiente. A data tem crescido e se tornado uma importante plataforma pública, celebrada amplamente por partes interessadas em mais de 100 países. Também serve como o “dia das pessoas” para tomar uma atitude pelo meio ambiente, incentivando ações individuais ou coletivas que causem um impacto positivo no planeta.
Em apoio à designação pela ONU de 2014 como o Ano Internacional dos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento, o Dia Mundial do Meio Ambiente deste ano usará o mesmo tema, com um foco especial na questão da mudança do clima.


 

 
“O nosso objetivo é levar o tema à boca do povo, antecipando a Terceira Conferência International sobre os Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento, que será realizada em setembro em Samoa, e estimular um maior entendimento da importância dessas ilhas e da urgência de protegê-las, tendo em vista seus riscos e vulnerabilidades, particularmente em relação à mudança do clima. Acreditamos que o DMMA será uma excelente oportunidade para incentivar solidariedade pelas ilhas”, explica a ONU.
Segundo o secretário geral da ONU, Ban Ki-moon, o planeta Terra é a ilha compartilhada por todos nós. “Devemos nos unir para protegê-la.”

Cada ação conta


 O Dia Mundial do Meio Ambiente é uma chance para fazer as pessoas perceberem que são responsáveis pelo planeta Terra e que podem se tornar agentes da mudança.

O DMMA de 2013 gerou uma cobertura global ampla que contou com cerca de 200.000 postagens em blogs e 26.000 artigos publicados para o Dia Mundial do Meio Ambiente entre 1º e 10 de junho. Os vídeos foram assistidos por aproximadamente 120 milhões de pessoas pelas telas digitais na Times Square em Nova York, na Picadilly em Londres, e nas lojas Benetton (Live Windows) em Milão, Londres, Munique, Barcelona e Almaty.


Nas redes sociais, o Twitter somou 200 milhões de usuários ativos e o Dia Mundial do Meio Ambiente esteve entre os Top 10 assuntos mais falados do dia em ao menos 15 países, com uma estimativa de 47.6 milhões de impressões no dia 5 de junho.
 
 
 

 Registre sua atividade!


 O que você vai fazer no Dia Mundial do Meio Ambiente? Este ano, o tema nos leva a reconhecer que todos nós enfrentamos os mesmos desafios e estamos conectados e unidos por um objetivo comum de uma vida próspera e sustentável no planeta Terra. Devemos falar mais alto em solidariedade um pelo outro e, particularmente, pelos cidadãos dos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento.
 




Celebre o Dia Mundial do Meio Ambiente! Seja organizando campanhas para a limpeza da sua rua ou promovendo iniciativas pela redução do desperdício de alimentos, dias sem carro, diminuição do uso de plástico, exibições de arte, movimentos de plantio de árvores, shows, recitais e apresentações de dança, iniciativas de reciclagem, campanhas online e competições — toda ação conta. Quando multiplicada por uma comunidade global, o impacto de nossas vozes e ações individuais se tornam exponenciais.




 
O nível da poluição ambiental no planeta é iguala da a burrice dos homens.