BLOG CARLOS RIBEIRO

BLOG CARLOS RIBEIRO

quarta-feira, 27 de março de 2019

Dia 27 março 2019:Viva o Dia Mundial do Teatro!!! Viva o Dia do Circo!!!



O Dia Mundial do Teatro e Dia Nacional do Circo, celebrados em 27 de março, são lembrados pelo blog  Carlos Ribeiro. Apesar dos progressos já conquistados em âmbito nacional, desejamos mais avanços nas políticas públicas voltadas para estes segmentos. 




O Dia Mundial do Teatro foi criado em 1961 pelo Instituto Internacional de Teatro, durante a inauguração do Teatro das Nações em Paris, sendo referendado pela Unesco. A data é lembrada no mundo inteiro.
 





  


Já o Dia Nacional do Circo homenageia o nascimento do palhaço Piolim (Aberlardo Pinto) que esteve à frente do Circo Piolim por mais de 30 anos. Filho de pais circenses, Abelardo Pinto nasceu em um circo, sendo reconhecido por intelectuais na Semana de Arte Moderna de 1922 como exemplo de artista genuinamente brasileiro e popular. Também ganhou reconhecimento mundial por sua destacada criatividade cômica e por ser ainda ginasta e equilibrista. Faleceu a 4 de setembro de 1973.
Dia 27 de Março - Dia do Grafite...


O Blog Carlos Ribeiro parabeniza todos os artistas desta Artes maravilhosas!








Obra de pioneiro do grafite no Brasil é reunida em livro...


"Enfeitar a cidade, transformar o urbano com uma arte viva, popular, da qual as pessoas participem, é a minha intenção", dizia Alex Vallauri (1949-1987). Com sua Rainha do Frango Assado, desenho de uma pin-up bem brasileira, carregando um frango assado em uma bandeja, o etíope de origem italiana se tornou referência da arte urbana no Brasil.

Em tempos em que o grafite se consolida no circuito artístico, o trabalho de Vallauri -- que veio para Santos (SP) em 1965, após passar a infância e parte da adolescência na Argentina -- é reunido, 24 anos após sua morte, em livro organizado pelo crítico e curador João J. Spinelli, amigo do artista desde os tempos da faculdade de comunicação visual em São Paulo.

A publicação mostra figuras que Vallauri tornou conhecidas em grafites por São Paulo e outras cidades pelas quais passou. Por meio da arte estêncil -- técnica que usa um molde vazado, preenchido com tinta spray sobre uma superfície, revelando rapidamente o desenho --, no fim da década de 1970 Vallauri pôde fazer o que mais queria: espalhar pela cidade sua arte, reproduzida em grande escala.



Nessa época, ele já era um artista reconhecido no Brasil, tendo participado da Bienal Internacional de Arte de São Paulo e dado aulas na Faap, onde estudou. Mas queria maior contato com o público. "Quando ele começou, haviam pichações poéticas e políticas, mas ele achou que faltavam imagens", conta Spinelli.


http://img.uol.com.br/materia-modulos/abre_aspas.gifQuando ele começou, haviam pichações poéticas e políticas, mas ele achou que faltavam imagenshttp://img.uol.com.br/materia-modulos/fecha_aspas.gif

João J. Spinell
Em São Paulo, Vallauri saía sozinho durante a madrugada, de bicicleta (ele só se locomovia dessa forma onde morava), para pintar muros de bairros como a Vila Madalena, Bela Vista, Lapa, Barra Funda, Liberdade e Higienópolis. Não gostava do hermetismo das galerias, diz Spinelli. Chegou a ser preso algumas vezes grafitando, e também não agradava aos tradicionalistas das artes. Já nas ruas, as opiniões se dividiam -- havia quem pedisse que ele desenhasse no muro de casa, outros apagavam as pinturas.



Nessa época, para não ter de se preocupar em vender sua arte, dividia seu trabalho entre o artístico e o comercial. Fazia trabalhos para grifes como Levi's e Fiorucci, desenhava joias. "Ele não queria vender", conta o autor do livro.


Durante o período em que morou em Nova York, início da década de 1980, fez cenários para eventos da prefeitura, participou de campanhas políticas, levou seu estêncil para as ruas -- e depois para cartão postal da cidade, quando um fotógrafo registrou seu trabalho para o souvenir, junto a obras de Keith Haring e Jean-Michel Basquiat. Viu arte em papel de presente natalino, usando o material em trabalho que foi elogiado até por Andy Warhol.


"Ele fazia uma arte alegre", resume o autor do livro, que considera o trabalho de Vallauri um "pop tropical, latino-americano", crítico e também político. Além do livro, a obra do pioneiro do grafite no Brasil poderá ser vista no segundo semestre em uma grande exposicão em São Paulo, ainda sem data e local definidos.

segunda-feira, 25 de março de 2019



Cabo Frio: Novo Talento "Theuan Guerra - Quero o Teu Amor (Clipe Oficial)..."






Alô rapaziada, Um novo talento surgindo na Região dos Lagos, um novo trabalho de sua autoria acaba de sair, o clip da sua nova música foi lançado hoje aqui no Blog, assistam aí, espero que curtam, Obrigado a todos!!! 


Assistam o Vídeo:




Contatos:Theuan Guerra - Quero o Teu Amor (Clipe Oficial)
E-mail: theuansgf@hotmail.com
Tel: (22) 99973-4592

terça-feira, 19 de março de 2019

19 DE MARÇO COMEMORA O DIA DO ARTESÃO...



A tecnologia trouxe muitas modificações na vida das pessoas, muitas profissões ficaram ultrapassadas e até mesmo acabaram ou foram substituídas, mas existem outras que permanecem mesmo com o passar dos anos e com toda inovação trazida pela tecnologia justamente por sua peculiaridade. Uma dessas profissões é a de artesão
.

 

O principal motivo dessa profissão ainda existir, e com muita força é em função da cultura de cada região, tanto em nosso país como em várias partes do mundo. 

A palavra “artesão” significa “indivíduo que pratica arte ou ofício que dependem de trabalhos manuais”, isto quer dizer que qualquer peça produzida pelo artesão é única e foge de qualquer processo de produção em série realizado por indústrias.

19 de Março – Dia de São José...



José é um personagem célebre do Novo Testamento bíblico, marido da mãe de Jesus Cristo. Segundo a tradição cristã, nasceu em Belém da Judeia, no século I a.C., era descendente do rei Davi de Israel. No catolicismo, ele é considerado um santo e chamado de São José.
Segundo a tradição, José foi designado por Deus para se casar com a jovem Maria, mãe de Jesus, que era uma das consagradas do Templo de Jerusalém, e passou a morar com ela e sua família em Nazaré, uma localidade da Galileia. Segundo a Bíblia, era carpinteiro de profissão, ofício que teria ensinado seu filho.
São José é um dos santos mais populares da Igreja Católica, tendo sido proclamado “protetor da Igreja Católica Romana”; por seu ofício, “padroeiro dos trabalhadores” e, pela fidelidade a sua esposa, como “padroeiro das famílias”, sendo também padroeiro de muitas igrejas e lugares do mundo.
Quando Jesus tinha dois anos, José foi novamente avisado por um anjo que deveria fugir de Belém para o Egito, porque todas as crianças do sexo masculino estavam sendo exterminadas, por ordem de Herodes.
José, Maria e Jesus fugiram para o Egito e permaneceram lá até que um anjo avisasse da morte de Herodes.
Acredita-se que José tenha morrido antes da crucificação de Cristo, quando este tinha 30 anos.
Para os agricutores hoje é dia de experiência de chuva. Segundo eles, se hoje, dia 19, chover, o resto do ano será “bom de inverno”
Evangelho - Mt 1,16.18-21.24a
José fez conforme o anjo do Senhor havia mandado.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 1,16.18-21.24a
16Jacó gerou José, o esposo de Maria,
da qual nasceu Jesus, que é chamado o Cristo.
18A origem de Jesus Cristo foi assim:
Maria, sua móe, estava prometida em casamento a José,
e, antes de viverem juntos,
ela ficou grávida pela ação do Espírito Santo.
19José, seu marido, era justo
e, não querendo denunciá-la,
resolveu abandonar Maria, em segredo.
20Enquanto José pensava nisso,
eis que o anjo do Senhor apareceu-lhe, em sonho,
e lhe disse: "José, Filho de Davi,
não tenhas medo de receber Maria como tua esposa,
porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo.
21Ela dará à luz um filho,
e tu lhe darás o nome de Jesus,
pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados".
24aQuando acordou, José fez
conforme o anjo do Senhor havia mandado.
Palavra da Salvação.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Dia Universal do Palhaço - 10 de Dezembro...




Dia 10 de Dezembro ... Dia do PALHAÇO !!!



FASCINA... Meninos de qualquer IDADE !!!





SOMOS... SALTIMBANCOS BRASILEIRO.

..
Se jogar uma LONA virá um CIRCO .. kkk !!!


MAS QUERO VER VOCÊ FELIZ !!!


Dia Universal do Palhaço é celebrado anualmente em 10 de dezembro.

Os palhaços são artistas que têm como único objetivo divertir e despertar um sorriso nas pessoas, sejam crianças ou adultos.
Esta data foi criada para homenagear esses profissionais, que ficaram populares através de suas participações em circos. Afinal de contas, um circo sem palhaço não é nada divertido.
O Brasil é terra de diversos palhaços memoráveis, como o Bozo, o Carequinha, o Pimentinha, o Picolino, entre outros.
No mundo, um dos nomes mais expressivos foi o de Charlie Chaplin, conhecido como Carlitos, um dos artistas mais importantes da época do cinema mudo.
Origem do Dia do Palhaço
No Brasil, o Dia do Palhaço começou a ser comemorado a partir de 1981, por uma iniciativa do Abracadabra Eventos, em São Paulo.
Atualmente, esta data é celebrada em todos os estados brasileiros, sejam por palhaços circenses ou pelos populares “palhaços de rua”.

domingo, 2 de dezembro de 2018

Comemorações do Dia Nacional do Samba serão neste DOMINGO...


O samba tem raízes na ancestralidade e matrizes culturais africanas no Brasil - Foto: Reprodução/Agência Brasil
Comemorado em todo o País, o Dia do Samba, celebrado neste domingo (2), é homenageado por estudiosos e artistas. A data foi criada pelo vereador baiano Luís Monteiro da Costa e sancionada pelo então prefeito de Salvador, Virgildásio Senna, no ano de 1963. A ideia foi homenagear a primeira visita a Salvador do compositor mineiro Ary Barroso, em 1940.
Ary era querido da população local por conta da canção Na Baixa do Sapateiro, que cita o famoso bairro da capital baiana. Gravada em 1938 por Carmen Miranda, a música alcançou sucesso internacional. Inicialmente restrita a Salvador, com o passar dos anos, a data passou a ser comemorada em todo o Brasil.

Celebrações

O Museu do Samba, no Rio de Janeiro, celebra a data com programação especial até 9 de dezembro. Neste domingo (2), a instituição terá um estande na FLISAMBA 2018 - Festa Literária do Samba e Resistência Cultural, no Clube Renascença, evento que reúne samba, literatura, gastronomia e cinema.  O Museu de Arte do Rio está com a exposição O Rio do Samba: resistência e reinvenção em cartaz.
Já em Salvador, várias são as comemorações, que vão desde a Caminhada do Samba, com blocos e trios elétricos, a shows em diversos pontos da cidade, como o Centro Histórico e Rio Vermelho.

Ancestralidade

Com raízes na ancestralidade e matrizes culturais africanas no Brasil, a origem do samba veio nos batuques, que eram também uma espécie de comunicação ritual e religiosa. Em meados do século XIX, os batuques começam a se misturar com outros ritmos famosos à época e, aos poucos, foram se delineando os aspectos do samba.
No início do século XX, o samba já estava presente em diversos estados como Bahia e Minas Gerais. O gênero musical também foi se firmando, dominante em subúrbios e morros do Rio de Janeiro. Em 27 de novembro de 1916, o sambista Donga – Joaquim Maria dos Santos (1890-1974) – registrou a música "Pelo telefone", conhecida como o primeiro samba registrado em gravadoras. A partir da década de 1930, o samba foi se tornando a música nacional, uma das principais expressões culturais do País.

02 de Dezembro - Dia do Samba

O Dia do Samba é uma homenagem a Ary Barroso, Sambista com vários sucessos como "Na Baixa do sapateiro", mas curioso é que quem instituiu a data foi um verdadeiro baiano, celebrando a data em que Ary Barroso visitou a Bahia pela primeira vez. Desde entao os dois estados Bahia e Rio de Janeiro celebram a data, em geral com Shows e Festividades com nome importante da música acontecem em ambas as cidades.

No Dia Nacional do Samba, preparamos um roteiro para quem quer requebrar o quadril


Marquinho de Oswaldo Cruz comanda há 21 anos o Trem do Samba

Museu do Samba, na Mangueira




Hamilton de Holanda comanda baile no sábado, no Circo Voador




Grupo Artesãos da Folia se apresenta, neste sábado, na Praça Tiradentes


Feira de antigüidades da Rua do Lavradio.

10. Pedra do Sal

Reduto histórico do samba, o local ao pé do Morro da Conceição recebe uma prestigiada roda de samba. Endereço: Largo João da Baiana s/nº, Saúde. Sex e seg, às 19h. Grátis.



Renascença Clube organiza programação especial para este fim de semana




terça-feira, 20 de novembro de 2018

No Rio, Dia da Consciência Negra tem lavagem do busto de Zumbi...
Apesar da chuva, a comemoração do Dia da Consciência Negra reuniu diversas pessoas no Rio de Janeiro
 
 
Com mais da metade da população de negros (pretos e pardos), o Estado do Rio de Janeiro comemora o Dia da Consciência Negra, celebrado nesta terça-feira, com atividades logo cedo. O primeiro evento é a tradicional lavagem do Monumento Zumbi, na capital, para o fim de semana, se esperam shows de música, mostra fotográfica, sessões de cinema e festas nas comunidades quilombolas. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 51,7% da população do Rio é formada por negros.
 
 
 
 
As comemorações na capital começam na Praça XV, em volta da estátua de Zumbi, símbolo da resistência à escravidão. Com a participação de religiões de matriz africana, a lavagem do monumento será feita pelo afoxé Filhos de Gandhi, Estrela de Oya, com a presença de rodas de baianas, de capoeiras e da Escola de Samba Unidos de Vila Isabel.
 
 
 
 
As atividades seguem pela zona portuária, onde os pesquisadores estimaram o desembarque de cerca de 1 milhão de negros escravizados na África, no Cais do Valongo. Recuperado durante obras de revitalização, o local recebe o projeto Herança Africana - Intervenções Urbanas no Caminho do Porto, com mostras ao ar livre em todo o bairro.
 
 
 
 
O destaque é um roteiro audiovisual sobre a história da cidade, desde a chegada dos navios negreiros até os dias de hoje, com fotos, vídeos e espetáculos teatrais na Pedra do Sal, no Largo da Prainha e nos Jardins Suspenso do Valongo. A ideia é homenagear também as personalidades que passaram por ali, como o músico Heitor dos Prazeres.
 
 
 
 
 
 
 
 
No interior do Estado, a programação segue nas comunidades quilombolas. Em Magé, no norte fluminense, será lançado o documentário Maria Conga - Orgulho de Ser Quilombola, sobre a própria comunidade. Em Búzios, no litoral sul, a comunidade Maria Joaquina faz exibição de fotos; em Paraty, Campinho organiza uma grande festa, assim como Marambaia, na mesma região.
Na Baixada Fluminense, em Nova Iguaçu, será escolhida a musa negra estadual. Segundo o IBGE, o Estado mais negro do Brasil é o Pará (76,7%), seguido da Bahia (76,2%) e do Maranhão (76,2%). O Rio está na 22ª posição no ranking.

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

15 de Outubro – Dia do Professor...




Nesse sábado (15) será comemorado o dia do professor aqui no Brasil. Poucos, porém, sabem a história por trás dessa data especial para os profissionais da educação. Vamos conhecê-la?

CBR001021
Para os católicos, o dia 15 de outubro é consagrado à Santa Teresa de Ávila, antiga educadora espanhola que foi canonizada no ano de 1622. Anos depois, em 1827, o imperador Dom Pedro I, aproveitando a data, baixou um decreto afirmando que todas as cidades e vilas do país tivessem “escolas de primeiras letras”.

dia-do-professor-cultura-inglesa-ce-02

Em 1947, uma pequena escola de São Paulo chamada Ginásio Caetano dos Campos, conhecida carinhosamente como “Caetaninho”, decidiu criar uma comemoração inédita até então. Como o segundo período de aulas do ano era muito grande, indo do dia 01 de junho ao dia 15 de dezembro, os professores da instituição decidiram criar um dia de descanso e comemoração. O diretor do colégio adorou a ideia. No ano seguinte, o acontecimento teve cobertura do jornal “A Gazeta”. Em 1963, através do Decreto Federal 52.682, o dia do professor foi oficializado.

dia-do-professor-cultura-inglesa-ce-03

Blog Carlos Ribeiro voltado a Cultura e Arte deixa seu agradecimento especial a esses profissionais que distribuem seu conhecimento e transformam o mundo em um lugar melhor. Feliz dia do professor!




Você sabe como surgiu o Dia do Professor?

O Dia do Professor é comemorado no dia 15 de outubro. Mas poucos sabem como e quando surgiu este costume no Brasil.

No dia 15 de outubro de 1827 (dia consagrado à educadora Santa Tereza D’Ávila), D. Pedro I baixou um Decreto Imperial que criou o Ensino Elementar no Brasil. Pelo decreto, “todas as cidades, vilas e lugarejos tivessem suas escolas de primeiras letras”. Esse decreto falava de bastante coisa: descentralização do ensino, o salário dos professores, as matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até como os professores deveriam ser contratados. A idéia, inovadora e revolucionária, teria sido ótima - caso tivesse sido cumprida.

Mas foi somente em 1947, 120 anos após o referido decreto, que ocorreu a primeira comemoração de um dia dedicado ao Professor.
Começou em São Paulo, em uma pequena escola no número 1520 da Rua Augusta, onde existia o Ginásio Caetano de Campos, conhecido como “Caetaninho”. O longo período letivo do segundo semestre ia de 01 de junho a 15 de dezembro, com apenas 10 dias de férias em todo este período. Quatro professores tiveram a idéia de organizar um dia de parada para se evitar a estafa – e também de congraçamento e análise de rumos para o restante do ano.
O professor Salomão Becker sugeriu que o encontro se desse no dia de 15 de outubro, data em que, na sua cidade natal, professores e alunos traziam doces de casa para uma pequena confraternização. Com os professores Alfredo Gomes, Antônio Pereira e Claudino Busko, a idéia estava lançada, para depois crescer e implantar-se por todo o Brasil.

A celebração, que se mostrou um sucesso, espalhou-se pela cidade e pelo país nos anos seguintes, até ser oficializada nacionalmente como feriado escolar pelo Decreto Federal 52.682, de 14 de outubro de 1963. O Decreto definia a essência e razão do feriado: "Para comemorar condignamente o Dia do Professor, os estabelecimentos de ensino farão promover solenidades, em que se enalteça a função do mestre na sociedade moderna, fazendo participar os alunos e as famílias".