BLOG CARLOS RIBEIRO

BLOG CARLOS RIBEIRO

sábado, 29 de outubro de 2016

Dia Nacional do Livro - 29 de Outubro...



Você sabe por que foi comemorado o dia Nacional do Livro no dia 29 de outubro?
Por que foi nesse dia, em 1810, que a Real Biblioteca Portuguesa foi transferida para o Brasil, quando então foi fundada a Biblioteca Nacional e esta data escolhida para o DIA NACIONAL DO LIVRO.


Comemore também!
 
Comemore o dia do livro: lendo; De presente apresentamos 40 sites para baixar livros em inglês; 30 para ler, 10 para ouvir. Texto retirado do blog Lendo Org

A partir de 1808, com a vinda da família real portuguesa e a fundação da Imprensa Régia, teve início o movimento editorial brasileiro. O primeiro livro publicado aqui foi o terceiro volume de Marília de Dirceu, em 1812, escrito por Tomás Antônio Gonzaga.


E a escolha do Dia Nacional do Livro remonta a este período, quando a Real Biblioteca, iniciada por D. João I no século XIV, foi trazida à colônia e oficialmente instalada no Rio de Janeiro, em 29 de outubro de 1810. Eram 60 mil peças, entre livros, manuscritos, mapas, estampas, moedas e medalhas.
Depois da Independência (1822), parte deste acervo retornou a Portugal e parte foi comprada pelo Brasil, dando origem à Fundação Biblioteca Nacional, assim denominada desde 1990. Com nove milhões de itens, é considerada pela Unesco a oitava maior biblioteca do mundo e também a maior da América Latina.
O Dia Nacional do Livro é comemorado nesta data desde 1966. A Lei 5.191, de 1980, instituiu a Semana Nacional do Livro, de 23 a 29 de outubro, a fim de reforçar a importância do livro e valorizar iniciativas de incentivo ao hábito da leitura.


O dia 29 de outubro foi escolhido como Dia Nacional do Livro em homenagem à funda-ção da Biblioteca Nacional, que ocorreu em 1810. Só a partir de 1808, quando D. João VI fundou a Imprensa Régia, o movimento editorial começou no Brasil.
O primeiro livro publicado aqui foi “Marília de Dirceu”, de Tomás Antônio Gonzaga, mas nessa época, a imprensa sofria a censura do Imperador. Só na década de 1930 houve um crescimento editorial, após a fundação da Companhia Editora Nacional pelo escritor Monteiro Lobato, em outubro de 1925.

A Origem do Livro
Os textos impressos mais antigos foram orações budistas feitas no Japão por volta do ano 770. Mas desde o século II, a China já sabia fabricar papel, tinta e imprimir usando mármore entalhado. Foi então, na China, que apareceu o primeiro livro, no ano de 868.
Na Idade Média, livros feitos à mão eram produzidos por monges que usavam tinta e bico de pena para copiar os textos religiosos em latim. Um pequeno livro levava meses para ficar pronto, e os monges trabalhavam em um local chamado “Scriptorium”.

Quem foi Gutenberg?
O ourives culto e curioso Johannes Gutenberg (1398-1468) nasceu em Mainz, na Alemanha e, é considerado o criador da imprensa em série.
Ele criou a prensa tipográfica, onde colocava letras que eram cunhadas em madeira e presas em fôrmas para compor uma página. Essa tecnologia sobreviveu até o século XIX com poucas mudanças.
Por volta de 1456, foi publicado o primeiro livro impresso em série: a Bíblia de 42 linhas. Conhecida como “Bíblia de Gutenberg”, a obra tinha 642 páginas e 200 exemplares, dos quais existem apenas 48 espalhados pelo mundo hoje em dia. A invenção de Gutenberg marcou a passagem do Mundo Medieval para a Idade Moderna: era de divulgação do conhecimento.

Três publicações da Antologia 'ESSÊNCIAS" - Projeto do Poeta Carlos Ribeiro

A Importância do Livro
O livro é um meio de comunicação importante no processo de transformação do indivíduo. Ao ler um livro, evoluímos e desenvolvemos a nossa capacidade crítica e criativa. É importante para as crianças ter o hábito da leitura porque com ela, se aprimora a linguagem e a comunicação com o mundo. O livro atrai a criança pela curiosidade, pelo formato, pelo manuseio e pela emoção das histórias. Comparado a outros meios de comunicação, com o livro é possível escolher entre uma história do passado, do presente ou da fantasia. Além disso, podemos ler o que quisermos, quando, onde e no ritmo que escolhermos.


0 comentários:

Postar um comentário