BLOG CARLOS RIBEIRO

BLOG CARLOS RIBEIRO

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Mensagem nesta Sexta Feira aos meus amigos leitores do meu Blog, Twitter e Facebook...











 
Quando a pessoa consegue juntar A Paz, O Amor, A Esperança, A Perseverança e, principalmente, A Fé, Ela naturalmente descobre o prazer que há em viver e, certamente, vive melhor, Pense nisso. Desejo uma Sexta feira e um Final de semana cheio de conquistas, alegripalmente abençoada.

MINHA OPINIÃO!







Após a entrevista do Papa Francisco, televisionada no programa do Fantástico decidi escrever aqui como cristão e brasileiro. Sempre abominei alfinetadas e recadinhos deixados em redes sociais de um grupo com o
propósito de atingir um outro, sempre pensei que o que precisa ser dito a alguém deve ser dito diretamente àquela pessoa, então abaixo vai minha mais honesta e sincera opinião não no intuito de atacar alguém, mas de defender, como o título sugere, minha opinião.
Um homem que busca moralizar pelo exemplo pessoal uma instituição como a igreja católica possui meu honesto respeito, embora isso não signifique concordar com sua teologia, pois ao contrário do que afirmou o papa não seremos julgados por nossas ‘boas obras’ ou “atos de misericórdia”, mas pelo favor imerecido da Graça de Deus manifestado na Cruz por meio de Cristo, “não por causa de atos de justiça por nós praticados, mas devido à sua misericórdia, ele nos salvou pelo lavar regenerador e renovador do Espírito Santo, que ele derramou sobre nós generosamente, por meio de Jesus Cristo, nosso Salvador.” (Tito 3: 5-6)


No céu nenhuma instituição religiosa tem credencial, não seremos salvos por placa de igreja nenhuma, com isso quero dizer que a igreja evangélica não é contra a igreja católica, a igreja evangélica é a favor do evangelho, evangelho este apresentado pelo próprio Jesus nas palavras: "O tempo é chegado", dizia ele. "O Reino de Deus está próximo. Arrependam-se e creiam nas boas novas!"(Marcos 1:15), por esta razão o apóstolo Paulo afirmou: “Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; 9 não por obras, para que ninguém se glorie. (Efésios 2: 8-9)
Ainda quero manifestar meu apoio à simplicidade defendida pelo Papa Francisco ao afirmar que um homem consagrado não deveria ostentar luxo, que isto sirva de exemplo a sacerdotes católicos e protestantes apegados a dinheiro, ambiciosos e também aos inescrupulosos pedófilos. Tanto na igreja católica como na igreja evangélica uma coisa é fato e faço minhas as palavras do Papa Francisco “uma árvore que cai faz mais barulho do que um bosque que cresce”.
Nosso problema como seres humanos não está na figura de sacerdotes sejam eles protestantes ou católicos, nosso problema é conforme escreveu John Piper em seu livro “A supremacia de Deus na pregação” é que:
“Tomamos o espelho da imagem de Deus, cuja intenção era refletir a sua glória ao mundo, damos as costas a luz, e nos encantamos com os contornos de nossa própria sombra escura, tentando desesperadamente nos convencer (com avanços tecnológicos, ou com habilidades administrativas, ou vantagens atléticas, ou empreendimentos acadêmicos, ou façanhas sexuais, ou ainda com cabeleiras contra-culturais) de que a sombra escura no chão à nossa frente é realmente gloriosa e satisfatória. Em nosso orgulhoso romance com nós mesmos lançamos desprezo, saibamos disto ou não, sobre o mérito da glória de Deus.” - p.28

Quando isso acontece nosso orgulho verte desprezo sobre a glória de Deus, e não importa se católico ou protestante: ..."Deus se opõe aos orgulhosos, mas concede graça aos humildes". (1 Pedro 5: 5)
Com carinho Carlos Ribeiro

0 comentários:

Postar um comentário