BLOG CARLOS RIBEIRO

BLOG CARLOS RIBEIRO

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Cabo Frio: Meio Ambiente retira embarcações abandonadas da lagoa

 
A Secretaria de Desenvolvimento da Cidade e Ambiente (SEDESC), por meio da Coordenadoria Geral de Meio Ambiente de Cabo Frio, deu início à retirada de embarcações e sucatas de embarcações abandonadas da Lagoa de Araruama, principalmente na área referente ao Canal do Itajuru.

O trabalho teve início na semana passada e contou com a colaboração da Agência Local da Capitania dos Portos, do Ministério Público e do Serviço de Desenvolvimento de Cabo Frio - SECAF. De acordo com o Coordenador de Meio Ambiente, Julio Cezar Calvo, foram levantadas 20 embarcações em condições precárias, sendo que, em sua maioria, todos os proprietários já foram notificados e assinaram termos autorizando a retirada das sucatas pela Prefeitura de Cabo Frio.
 
 


A remoção dessas embarcações atende a antigas reivindicações do Consórcio Lagos São João e é uma das etapas da revitalização da Lagoa de Araruama, juntamente com os programas de despoluição e com o Programa de Sinalização Náutica do Canal do Itajuru. Todo o trabalho vem sendo desenvolvido pela Coordenadoria de Meio Ambiente, juntamente com o Instituto Estadual do Ambiente – INEA -, Consórcio Lagos São João e Capitania dos Portos.
 

Ainda de acordo com Julio Cezar Calvo, “além do ganho ambiental e turístico, a remoção dessas embarcações traz benefícios principalmente à navegação, pois muitas delas constituem perigo ou ameaça aos navegantes”, explicou ele, lembrando que a madeira dos barcos poderá ser reaproveitada no Horto Municipal. Já as que estiverem em estado muito precário serão encaminhadas ao aterro sanitário.
 
 


Proprietários de outras embarcações que se encontram em condições precárias e queiram colaborar com o trabalho devem se dirigir à Coordenadoria Geral de Meio Ambiente que funciona no Largo do Itajurú, 131 – Centro. Mais informações poderão ser obtidas através do telefone (22) 2645-3131 ou pelo email: contato@cabofriomeioambiente.com.br. O contato também poderá ser feito na Agência da Capitania dos Portos de Cabo Frio que funciona no bairro da Gamboa.
 
Fonte:  Viviane Teixeira

0 comentários:

Postar um comentário